Pottker tenta mostrar esperança após revés: “Nada é impossível”

Em busca do primeiro título de sua história, a Ponte Preta acabou derrotada por 3 a 0 pelo Corinthians na primeira final do Campeonato Paulista, disputada na tarde deste domingo. Com o revés sofrido em Campinas, o atacante Willian Pottker se esforça para mostrar que ainda crê no título.

O segundo e decisivo encontro entre Ponte Preta e Corinthians está marcado para as 16 horas (de Brasília) do próximo domingo, na arena de Itaquera. Com a vantagem estabelecida em Campinas, o time paulistano garante o título mesmo em caso de derrota por dois gols de diferença.

“No futebol, nada é impossível. É claro sentimos muito o baque, até porque o título é inédito para o clube. Mas ainda não acabou. Chegamos juntos nessa final e vamos terminar juntos. Vamos terminar com honra, que é o que nós, jogadores, merecemos. Terminar com honra”, disse Pottker.

Autor de nove gols, o atacante ponte-pretano divide a artilharia do Campeonato Paulista com o são-paulino Gilberto. Principal destaque do time de Campinas no torneio estadual, William Pottker tratou de felicitar seu time após a partida disputada no Majestoso.

“Fomos desacreditados no começo do campeonato e chegamos fortes em uma final. Tenho que dar os parabéns à minha equipe. É um time muito humilde e aguerrido”, discursou. “Ninguém acreditava na Ponte e, se ninguém acredita agora, continuem não acreditando, que a gente vai em busca do impossível”, avisou.

O experiente Renato Cajá também tentou mostrar esperança ao final do embate em Campinas. “É muito triste perder essa partida. Estávamos focados em fazer um grande jogo e ganhar. Agora, precisamos levantar a cabeça. Sabemos da qualidade deles, mas temos condições de reverter”, declarou.

Elton seguiu a mesma linha de seus companheiros ao falar sobre o duelo em Itaquera. “Não conseguimos impor o nosso estilo de jogo, mas vamos lá. Se eles vieram aqui e marcaram esses gols, dá para a gente reverter na casa deles”, apostou o ponte-pretano.