Pottker marca de pênalti e Ponte derrota o Palmeiras em Campinas

Antes do jogo desta quarta-feira, o discurso alviverde era de que o Palmeiras jogaria contra a Ponte Preta focado em ampliar sua vantagem na liderança. Em campo, porém, o time pareceu desinteressado com a classificação já garantida e acabou derrotado por 1 a 0 no Moisés Lucarelli, em Campinas. William Pottker, de pênalti, anotou a única bola na rede da partida.

Se o jogo não era tão relevante para o Verdão, o embate era fundamental para a Macaca, que entrou em campo brigando para conquistar a liderança do Grupo D – que ficou com o Santos – para ter a vantagem de decidir em casa as quartas de final contra o Peixe. No entanto, com o triunfo do time praiano sobre o Novorizontino, a Ponte não conseguiu se objetivo.

Além do resultado ruim, o Palmeiras ainda perdeu duas peças importantes para as quartas de final do Paulistão. O zagueiro Vitor Hugo recebeu o terceiro cartão amarelo e o lateral Zé Roberto foi expulso e dupla está fora da próxima partida.

O jogo marcou ainda a primeira partida de Dudu pelo Palmeiras após servir à Seleção Brasileira. O capitão Verdão, porém, não atuou bem, pouco apareceu na partida e acabou substituído. Na vaga do camisa 7, aos 32 minutos do segundo tempo, Hyoran entrou para fazer sua estreia pelo Alviverde. O meio-campista vindo da Chapecoense teve grande chance de empatar já nos acréscimo, mas Aranha salvou com uma defesa espetacular.

Neste final de semana, o Palmeiras começa sua série de decisões, contra o Novorizontino, em local e data ainda não definidos. Já a Ponte Preta encara o Santos na Vila Belmiro, também sem definição de dia e horário. Nesta quinta-feira, a Federação Paulista de Futebol definirá os confrontos.

O JOGO

Apesar do discurso dos jogadores do Palmeiras e do técnico Eduardo Baptista, o Verdão não parecia muito interessado no jogo contra a Ponte Preta no início da partida. Nos dez primeiros minutos, apenas o time de Campinas arriscou a finalização, mas sem levar perigo.

A primeira oportunidade real de chance de gol saiu apenas aos 15 minutos, quando Raphael Veiga só não abriu o placar por azar. O meia recebeu na direita, limpou o lance e arriscou de canhota, de fora da área. A bola encobriu Aranha e carimbou o travessão.

Na marca dos 24 minutos, o Verdão já somava 63% de posse de bola, mas essa superioridade não se traduzia em chances dentro de campo.

Antes do final do primeiro tempo, o Verdão teve apenas mais uma oportunidade, aos 39 minutos. Felipe Melo limou o lance no meio de campo e fez lindo lançamento para Erik. O atacante invadiu a área e tentou finalizar de carrinho, mas Aranha deixou a meta e fez a defesa.

Segundo tempo segue fraco, mas a Ponte abre o placar de pênalti

Se o primeiro tempo foi fraco, a segunda etapa começou ainda pior. A primeira oportunidade aconteceu apenas aos 15 minutos. William Pottker recebeu bom lançamento e rolou para a chegada de Ravanelli, que teve o chute travado por Felipe Melo, facilitando a defesa de Fernando Prass.

O Verdão responde aos 19. Fabiano cruzou da linha de fundo, a bola passou por Willian e Dudu e sobrou para Keno, no lado esquerdo. O atacante dominou na lateral da área e tentou o chute colocado, mas Aranha espalmou bem.

Se as equipes não conseguiam balançar as redes com bola rolando, a Macaca teve a oportunidade de pênalti e não desperdiçou. Zé Roberto cometeu pênalti claro em Pottker, que entrava na área, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso. Na cobrança, o atacante da Ponte bateu muito bem e abriu o placar.

2T – 30min

POTTKER converte a penalidade e a Macaca sai na frente no Majestoso!! ⚽️⚫️⚪️

Ponte 1 x 0 Palmeiras pic.twitter.com/7UHGR26sZA

— A. A. Ponte Preta (@aapp_oficial) 30 de março de 2017


Por fim, o Palmeiras ainda teve uma última oportunidade, já nos acréscimos. Aos 46 minutos, Keno recuperou bola na intermediária, driblou seu marcador e tocou para Rogér Guedes, que fez o pivô e tocou de calcanhar para Hyoran. O estreante bateu cruzado, mas Aranha espalmou e salvou a Ponte.

FICHA TÉCNICA

PONTE PRETA 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas (SP)

Data: 29 de março de 2017, quarta-feira

Horário: 21h45 (de Brasília)

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho

Assistentes: Mauro André de Freitas e Alberto Poletto Masseira

Público: 7.078 torcedores pagantes (7.442 total)

Renda: R$ 134.520,00

Cartões amarelos: Marllon e Lucca (PON); Zé Roberto (dois), Vitor Hugo e Erik (PAL)

Cartão veremelho: Zé Roberto

GOL:

PONTE PRETA: William Pottker, aos 29 minutos do segundo tempo

PONTE PRETA: Aranha; Nino Paraíba, Fábio Ferreira, Marllon e Jeferson (Reynaldo); Jadson, Elton e Ravanelli (Wendel); Lucca, Clayson (Lins) e William Pottker

Técnico: Gilson Kleina

PALMEIRAS: Fernando Prass; Fabiano, Edu Dracena, Vitor Hugo e Zé Roberto; Felipe Melo; Róger Guedes, Dudu (Hyoran), Raphael Veiga (Egídio) e Erik (Keno); Willian

Técnico: Eduardo Baptista