Possível demissão de Ronald Koeman custará quantia milionária ao Barcelona; veja o valor

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O futuro de Ronald Koeman no Barcelona é incerto. Apesar de ser mantido no cargo de técnico do clube catalão pelo menos até sábado, quando o clube enfrenta o Atlético de Madrid, pelo Campeonato Espanhol, o holandês não tem a permanência garantida para a sequência da temporada.


E de acordo com a imprensa espanhola, apenas um fator ainda segura Koeman no Barcelona: a multa rescisória. Com valor estipulado em 12 milhões de euros (R$ 75 milhões), segundo o jornal "El País", o presidente Joan Laporta sabe que o clube não tem condições de arcar com o montante no momento.

+ Veja a tabela e os jogos da La Liga

De acordo com o jornal "As", embora Ronald Koeman tenha sido mantido no cargo até o fim de semana, sua estadia pode ser encerrada logo em sequência. Com a pausa para a Data-Fifa, o Barcelona estudará a possibilidade de troca. Andrea Pirlo e Marcelo Gallardo são os nomes favoritos.

+ Efeito Jesus? Koeman é comparado a Renato Gaúcho em derrota do Barcelona para o Benfica; veja memes

A questão de valores de quebra de contrato não é um problema de agora no Barcelona. De acordo com o jornalista Marcelo Bechler, da "TNT Sports", o clube catalão ainda não pagou a multa rescisória de 4 milhões de euros (R$ 25 milhões) a Quique Setién, demitido em agosto de 2020.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos