Portuguesa dispensa dez nomes que disputaram a Série A2 do Paulista

MINUTO/LANCE!
Diretoria se reune e decide com quais profissionais permanecerá para o restante da temporada. Em meio a reformulação dos setores do futebol, a Lusa acertou o retorno de preparador físico do ano do vice-campeonato nacional

Após escapar do rebaixamento para a Série A3 do Paulistão somente na última rodada, mesmo com derrota diante do XV de Piracicaba por 2 a 1, a Portuguesa iniciou a reformulação do seu elenco que irá se preparar para a Série D do Campeonato Brasileiro. Em reunião realizada na manhã de ontem, a diretoria da Lusa decidiu por dispensar 10 jogadores até o momento. Dentre eles o zagueiro Basualdo, Bruno Santos e Rômulo, lateral-direito e esquerdo, respectivamente, os meias Sandro Silva, Bruno Farias e o argentino Mateo Bustos. No setor ofensivo, Rodolfo, Bruno Silva e Danilo também entraram na barca lusitana.

– Ficamos hoje das 15 horas até quase meia noite dessa segunda-feira em reunião com comissão técnica, diretoria, empresários e atletas para fazer os ajustes necessários na equipe profissional. Entendemos que algumas peças precisavam ser alteradas e já estamos negociando as reposições e reforços para o Campeonato Brasileiro – comentou o presidente da Lusa, Alexandre Barros.

Como a Portuguesa estreia no dia 21 de maio contra o Desportiva-ES, no Canindé, a espera por reforços não deve ser longa e contratações já devem ser anunciadas já nas próximas semanas. Os jogadores que não estão na lista de dispensa, se reapresentam na manhã desta quinta-feira (27) no Centro de Treinamento do Parque Ecológico do Tietê, onde haverá o preparo físico para o Campeonato Brasileiro Série D, já sob o comando do novo preparador físico, mas conhecido da Lusa, José Roberto Portella.

Entre dispensas, Portuguesa anuncia o retorno de preparador físico da campanha do vice-campeonato brasileiro em 1996

Em meio a uma extensa lista de jogadores dispensados do Canindé, a Lusa confirmou o retorno de José Roberto Portella como preparador físico do Leão. Ele chega para ocupar o espaço deixado por César Mendes, que também foi incluído na lista dos profissionais que não permanecerão no restante da temporada. Na campanha em que a Portuguesa assegurou o vice-campeonato do ano de 1996, o desempenho físico dos jogadores preparados por Portella foi o destaque daquela jornada.

- É um grande orgulho voltar para a Lusa. Um lugar onde tenho muito carinho, amigos e história. Vamos nos dedicar muito para que o clube consiga fazer um bom Campeonato Brasileiro e conquiste o acesso, que é o objetivo de todos - destacou o preparador.

Em 1994, o novo preparador passou por situação peculiar. José Roberto Portella dirigiu a Lusa como treinador interino apenas uma vez neste ano, no dia 30 de outubro, em confronto contra o Internacional, pela Série A do Campeonato Brasileiro. O certame terminou com o placar de 1 a 0 para o Leão do Canindé, com gol de Simão, na casa da Portuguesa.











E MAIS: