Portugal: surfistas brasileiros participam de competição de ondas gigantes em Nazaré

·2 min de leitura

Com previsões de ondas gigantescas sendo aguardadas entre os dias 7 e 13 de dezembro e o WSL Nazaré Tow Surfing Challenge, competição organizada pela Liga Mundial de Surfe, que deve acontecer em breve, os surfistas brasileiros já estão se preparando para mais um grande desafio na famosa Praia do Norte, em Nazaré.

Luciana Quaresma, correspondente da RFI em Portugal

Rodrigo Koxa, atual detentor do recorde mundial da maior onda surfada na história, é um dos brasileiros que participará do campeonato e está treinando em Nazaré. Ele conquistou o título em 2017, ao surfar uma onda de quase 25 metros, na mítica praia portuguesa que é considerada o “maracanã do big surfe”, também conhecido como tow-in. A boa notícia, conta, é que no dia 11 de dezembro, no sábado seguinte, a previsão é de ondas de 50 e 60 pés (cerca de 18 metros), com vento terral, liso, e sol - a configuração perfeita para a competição.

"Lá de cima, a visão é quase como de um drone. Dá para entender toda a dinâmica que acontece no mar, a movimentação dos jet skis, a entrada na onda de tow-in (modalidade que o surfista é rebocado por um jet-ski). E da água a gente consegue ouvir a galera gritando. Numa onda bem surfada eu já cheguei a terminar a onda e olhar pra galera e comemoro com a torcida como se fosse um gol! A galera retribui! É realmente demais!”, explicou o brasileiro que tem o nome no Guinness World Records com a onda surfada na Praia do Norte.

Segurança aquática

À espera das "bombas" de Nazaré

Coragem, treino e infraestrutura


Leia mais

Leia também:
Na estreia do surfe em Tóquio, atletas olímpicas se descolam do estereótipo de belas mulheres californianas
João Kopke: o luso-brasileiro que mostra o melhor de Portugal através do surfe
Campeã de surfe Maya Gabeira participa de ato na França contra a pesca predatória

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos