Porto corre para fazer vendas e reduz preço de jogadores

Goal.com

Obrigado a encaixar cerca de 100 milhões de euros nas próximas semanas, numa forma a cumprir os compromissos com a Uefa no que diz respeito ao fair-play financeiro, o Porto já começou a reduzir o valor pedido no mercado por alguns jogadores de ponta. A necessidade de vendas imediatas afeta o futuro de jovens e também de "veteranos" do elenco.

Dono da maior multa rescisória da história do futebol português, estipulada em 125 milhões de euros, o atacante Fábio Silva (na foto), de apenas 17 anos, agora, sabe a Goal, está avaliado em 40 milhões de euros. A diretoria portista, aliás, autorizou nos últimos dias o influente empresário Jorge Mendes a buscar eventuais interessados, especialmente na Premier League.

Atualmente, Silva é somente a quinta opção no ataque dos dragões, atrás, por exemplo, do brasileiro Tiquinho Soares. Fez 18 jogos e marcou três gols no time principal. Apesar do pouco espaço, a promessa portuguesa avisou que gostaria de permanecer no país por pelo menos mais uma temporada - tem vínculo até junho de 2022.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Líder e um dos principais destaques do grupo, o lateral-esquerdo Alex Telles vive um cenário ainda mais complicado. Não bastasse a crise financeira no Porto, o brasileiro está muito próximo da fase final de contrato, que acaba em junho de 2021, o que consequentemente pressiona o clube a aceitar uma transferência o quanto antes, evitando assim uma saída de graça no futuro.

Com multa rescisória de 40 milhões de euros, Telles caminha para ser negociado por aproximadamente 25 milhões de euros. Para já, o PSG é o maior interessado na contratação do jogador de 27 anos, sendo responsável por conversas que já duram mais de um mês. O Atlético de Madrid e o Chelsea, vale lembrar, também têm antigo interesse no ex-atleta de Juventude e Grêmio.

No atual elenco do Porto, outros nomes também estão valorizados e, com isso, podem ser usados para ajustar os cofres no mercado de verão europeu, entre eles o zagueiro português Diogo Leite, de 21 anos, o volante português Danilo Pereira, de 28 anos, e o atacante mexicano Jesús Corona.

Leia também