Porsche Cup Endurance: Salas e Aguiar vencem 300Km de Goiânia em dia de bela disputa entre Di Grassi e Massa

Guto Mauad
·8 minuto de leitura

O campeonato de Endurance da Porsche Cup Brasil teve andamento neste sábado (24), com os 300 km de Goiânia, segunda etapa da temporada de 2020. Após a conquista da pole position mais cedo, Guilherme Salas e Pedro Aguiar a converteram em triunfo.

Eles chegaram dois segundos e meio do carro #100 de Thiago Camilo e Alceu Feldmann. Lucas di Grassi e Ricardo Baptista terminaram na terceira posição, à frente de Felipe Massa e Lico Kaesemodel. Os ex-F1, Di Grassi e Massa, protagonizaram grandes pegas nas voltas finais, com o campeão da F-E levando a melhor no final. Na Carrera Sport, Nelsinho Piquet e Rouman Ziemkiewicz foram os vencedores, em sexto no geral.

Na GT3 Cup, a virória ficou com Raphael Reis e Kreis Jr. Átila Abreu e Leo Sanchez foram os primeiros na Sport e a dupla de ‘Nelsons’, Nelson Marcondes e Nelson Monteiro, venceram pela Trophy.

A Corrida

Na largada, Nelsinho Piquet ultrapassou o pole, Pedro Aguiar e o segundo colocado Werber Neugebauer. Enquanto isso Beto Gresse escapava da pista e abandonava a prova após toque com Rodolfo Toni na entrada da curva zero.

Ainda na primeira das 79 voltas, Marcelo Franco perdeu o controle na freada do miolo do circuito e acertou de Eduardo Azevedo, os carros tiveram quebra na suspensão e abandonaram a prova. Os acidentes obrigaram a intervenção do safety car.

Na sexta volta de prova, o carro de segurança saiu da pista e houve a relargada. Piquet manteve a liderança, enquanto Pedro Aguiar se defendia de Neugebauer e Alan Hellmeister ultrapassava Ricardo Baptista para assumir a quarta posição.

Na volta seguinte, Neugebauer tentou ultrapassar Pedro Aguiar na reta oposta, Hellmeister chegou rápido no piloto do carro #08, tocou na traseira do líder da Endurance que escapou da pista, caiu para último, mas conseguiu retornar para a prova.

Sérgio Jimenez aproveitou a briga e saltou de quinto para o segundo lugar, mais de cinco segundos atrás de Nelsinho Piquet.

Na classe GT3 Cup, Cesar Ramos era o líder após dez voltas de prova, seguido por Kreis Jr. e Lucas Salles.

Neste momento de prova, Werner era o destaque dos 300 Km de Goiânia, escalando da 21ª para a 12ª colocação. Enquanto isso, Alan Hellmeister, que estava sob investigação pelo incidente com Neugebauer, atacava Pedro Aguiar em busca da segunda colocação.

Na 12ª volta, Ricardo Baptista que figurava no oitavo lugar estreou a janela de pit stop e passou o carro #27 para Lucas Di Grassi. Neste momento a direção de prova julgou o incidente entre Werner Neugebauer e Alan Hellmeister como incidente de corrida.

Três voltas mais tarde, Lico Kaesemodel ultrapassou Pedro Aguiar no miolo do traçado para assumir a quarta colocação da prova. Na mesma volta, Gergios Frangulis ultrapassava Paulo Totaro para assumir a 17ª colocação da prova.

Após 18 voltas completadas, o top-5 da prova era formado por Piquet, mais de dez segundo à frente de Sérgio Jimenez. Na sequência vinham Alan Hellmeister, Lico Kaesemodel e Pedro Aguiar.

Na volta seguinte, Cesar Ramos, líder na classe GT3 Cup, entrou nos boxes para entregar o carro #18 para Zeca Feffer. Neugebauer, o oitavo, também realizou a parada mas sem realizar a troca de pilotos.

Depois de 24 das 79 voltas completadas, Jimenez, segundo colocado da prova, entrou para os boxes para entregar o carro para Rodrigo Mello. Piquet se matinha longe dos adversários na liderança.

Com 32 voltas completadas o líder Nelson Piquet Jr. entrou nos boxes e entregou o carro #80 para Rouman Ziemkiewicz. Neste momento Pedro Aguiar assumiu a liderança, mas sem ter feito nenhum pit stop.

Na classe GT3 Cup, Leonardo Sanchez liderava, seguido por Ricardo Fontanari, mas ambos não haviam feito nenhuma parada nos boxes.

Na 33ª volta o líder provisório, Pedro Aguiar, e Alceu Feldmann entraram no box, Aguiar entregou o carro #20 para Guilherme Salas e Alceu entregou o carro #100 para Thiago Camilo. Na volta seguinte Werner Neugebauer retornou aos boxes após o carro soltar muita fumaça pelo escapamento.

Após as paradas do líderes, a corrida tinha entre os cinco primeiros Rouman Ziemkiewicz, Lico Kaesemodel, Rodrigo Mello, Guilherme Salas e Thiago Camilo.

Na classe GT3 Cup a liderança era da dupla Zeca Feffer e César Ramos, seguidos por Raphael Reis e Kreis Jr.

Na 40ª volta, Raphael Reis assumiu a liderança da classe GT3 Cup, após ultrapassagem sobre Zeca Feffer na curva da entrada da reta dos boxes.

Enquanto isso, o pole position, Guilherme Salas, escalava o pelotão. O piloto de Jundiaí saiu dos boxes na quarta colocação e neste momento já era segundo colocado, virando cerca de dois segundos por volta mais rápido que o líder Rouman Ziemkiewicz.

Oito voltas depois, Rouman parou nos boxes mas sem realizar troca de pilotos com Piquet Jr. e Salas assumiu a liderança, seguido por Thiago Camilo, Luca Seripieri e Alexandre Auler.

Na volta 53 das 79 regulamentares, Rodrigo Mello rodou no miolo do traçado mas sem dano ao carro, retomando a corrida na 17ª posição. Enquanto isso Lucas di Grassi superava Felipe Massa para conquistar a 13ª colocação.

Três voltas mais tarde, Salas entrou nos boxes e se manteve no comando do carro #20, com isso Luca Seripieri assumiu a liderança.

William Freire liderava na classe GT3 Cup e se colocava na terceira colocação geral da corrida. Na volta seguinte Paulo Totaro se perdeu na pista após tomar uma volta de Thiago Camilo e escapou no final da reta oposta.

Na volta 58, Ricardo Baptista entrou para o box e seu parceiro Lucas di Grassi voltou para pista com o carro reserva.

Duas voltas mais tarde, Thiago Camilo, sexto colocado, ultrapassou Guilherme Salas e assumiu a quinta colocação com uma manobra que foi iniciada na curva da entrada da reta dos boxes e foi completada na curva 2, após os pilotos entrarem lado a lado na curva um.

Faltando 15 voltas para o final, Átila Abreu liderava a prova e a classe GT3 Cup, embora estivesse com uma parada a menos que os seus adversários.

Duas voltas depois Abreu e Salas entraram para os boxes, com isso dupla Thiago Camilo e Alceu assumiu a liderança. Quatro voltas mais tarde Zonta, Massa, Billi, Iorio, Ziemkiewicz e Dennis Dirani foram aos boxes.

Após a última rodada de pits e faltando cinco voltas para o fim a Guilherme Salas ultrapassou Thiago Camilo que vinha saindo dos box e reassumiu a liderança da prova.

Lucas Di Grassi vinha em terceiro, seguido por Felipe Massa e Werner Neugebauer.

Na volta seguinte Massa ultrapassou di Grassi por fora na curva um para assumir o terceiro lugar da prova. No giro seguinte, di Grassi deu o troco na mesma curva, colocando por dentro e recuperando o terceiro posto.

Após 79 voltas completadas, Guilherme Salas e Pedro Aguiar venceram os 300 Km de Goiânia, Thiago Camilo e Alceu Feldmann terminaram na segunda colocação acompanhados de Lucas Di Grassi e Ricardo Baptista.

Na GT3 Cup Raphael Reis e Kreis Jr, foram os vencedores, seguidos pela dupla Cesar Ramos e Zeca Feffer e William Freire e Francisco Horta.

Carrera Cup

Alceu Feldmann 116 Werner Neugebauer 113
Ricardo Zonta 113
4. Pedro Aguiar 101
Guilherme Salas 101
6. Lico Kaesemodel 90
Felipe Massa 90
8. Ricardo Baptista 79
9. Nelson Piquet Jr. 76
10. Rouman Ziemkiewicz 66
11. Miguel Paludo 61
Beto Gresse 61
Thiago Camilo 61
14. Luca Seripieri 56
Alan Hellmeister 56
16. Dennis Dirani 55
Rodrigo Mello 55
Sergio Jimenez 55
Lucas Di Grassi 55
20. Eduardo Azevedo 50
Ricardo Maurício 50
22. Marcelo Franco 45
Cacá Bueno 45
24. Fran Lara 36
25. Rodolfo Toni 29
Danilo Dirani 29
Renan Guerra 29
Alexandre Auler 29
29. Gabriel Casagrande 26
30. Bruno Baptista 24

Carrera Sport

Nelson Piquet Jr. 120
2. Rouman Ziemkiewicz 108
3. Rodrigo Mello 90
Sergio Jimenez 90
5. Eduardo Azevedo 72
Ricardo Maurício 72
7. Marcelo Franco 60
Cacá Bueno 60
9. Fran Lara 48
Alexandre Auler 48
Renan Guerra 48
12. Rodolfo Toni 42
Danilo Dirani 42
14. Gabriel Casagrande 36

GT3

Chico Horta 123
William Freire 123
3. Léo Sanchez 111
Átila Abreu 111
Zeca Feffer 111
César Ramos 111
7. Lucas Salles 88
Rafael Suzuki 88
9. Kreis Jr. 86
10. Nelson Marcondes 85
Nelson Monteiro 85
12. Raphael Reis 68
13. Marco Billi 64
Maurizio Billi 64
15. Ricardo Fontanari 62
Matheus Iorio 62
Paulo Totaro 62
Fabio Carbone 62
19. André Gaidzinski 61
20. Georgios Frangulis 50
Gaetano di Mauro 50
22. Dennis Dirani 45
23. Ayman Darwich 42
Eduardo Menossi 42
25. Alexandre Auler 29
Renan Guerra 29
27. Antonio Junqueira 26
Alberto Cattucci 26
29. Urubatan Jr. 24
Enzo Elias 24
31. Guiga Spinelli 22
Lukas Moraes 22
33. Cristian Mohr 18
34. Márcio Mauro 16

GT3 Sport

Léo Sanchez 144
Átila Abreu 144
3. Nelson Marcondes 108
Nelson Monteiro 108
5. Marco Billi 72
Maurizio Billi 72
Ricardo Fontanari 72
Matheus Iorio 72
Paulo Totaro 72
Fabio Carbone 72
Andre Gaidzinski 72
12. Dennis Dirani 60
13. Georgios Frangulis 48
Gaetano Di Mauro 48
15. Ayman Darwich 42
Eduardo Menossi 42
17. Guiga Spinelli 30
Lukas Moraes 30
19. Cristian Mohr 18
Kreis Jr. 18
21. Márcio Mauro 12

GT3 Trophy

Nelson Marcondes 144
Nelson Monteiro 144
3. Marco Billi 120
Maurizio Billi 120
5. Ayman Darwich 90
Eduardo Menossi 90
7. Guiga Spinelli 48
Lukas Moraes 48
9. Cristian Mohr 36
Kreis Jr. 36
11. Andre Gaidzinski 30
Márcio Mauro 30

Nova parceria com ThePlayer.com, a melhor opção para apostas e diversão no Brasil

Registre-se gratuitamente no ThePlayer.com e acompanhe tudo sobre Fórmula 1 e outros esportes! Você confere o melhor conteúdo sobre o mundo das apostas e fica por dentro das dicas que vão te render muita diversão e também promoções exclusivas. Venha com a gente!

Veja como foi a corrida

PODCAST: O mercado da F1 para 2021 e os 30 anos do bicampeonato de Senna

Your browser does not support the audio element.