Por que Hazard é o reforço ideal para o Real Madrid conquistar La Liga

Goal.com

Eden Hazard chegou ao Real Madrid com grande expectativa: pelo futebol que jogou e vinha jogando, por ter sido um dos maiores destaques da Copa do Mundo de 2018 e pela última de suas sete temporadas com o Chelsea ter sido, individualmente, a melhor de todas. E, acima de tudo, por ter aterrissado no Bernabéu com a responsabilidade de ocupar a lacuna de protagonismo que estava vaga desde a saída de Cristiano Ronaldo para a Juventus um ano antes.

Mas um dos únicos caras que poderiam chegar ao Real Madrid com futebol, boa idade e maturidade para vestir a camisa 7, ainda não conseguiu mostrar a que veio. O início da história já começa com um tom de “água no chopp”, com Hazard se apresentando 7kg acima do peso e sofrendo uma lesão muscular dias antes da primeira rodada de La Liga. Foi a primeira de uma série de lesões, ainda que a mais leve de todas.

O primeiro e único gol marcado nas 15 partidas disputadas com a camisa merengue até aqui veio no início de outubro, contra o Granada, numa vitória por 4 a 2, e os meses finais de 2019 davam indícios de que Eden Hazard estava voltando a ser o craque decisivo que tanto havia ajudado Chelsea e seleção belga. Em novembro, o camisa 7 foi decisivo em uma goleada sobre o Eibar e dava motivos para a torcida se animar, mas diante do PSG, no segundo encontro perante os franceses na fase de grupos da Champions League, uma lesão no tornozelo voltou a frear sua ascensão.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Hazard voltou em fevereiro de 2020, mas já na segunda de suas duas partidas neste novo ano veio a mais dolorida de suas lesões. Não apenas pela dor da fissura no osso da perna direita, problema que o obrigou a passar por cirurgia, mas por saber naquele momento que perderia de vez sua primeira campanha com o Real Madrid. Em seu primeiro ano na Espanha, passou mais tempo no departamento médico do que em toda sua passagem de sete anos pela Premier League.

Eden Hazard Real Madrid
Eden Hazard Real Madrid
(Foto: Getty Images)

O objetivo, naquela época, passou a ser se recuperar a tempo da disputa da Eurocopa. Entretanto, a pandemia do novo coronavírus e a interrupção das atividades futebolísticas acabaram por dar a Eden, ainda em sua primeira temporada pelo Real, a chance de mostrar que é, de fato, o reforço ideal para a equipe de Zidane. E o seu histórico especialmente no sprint final das temporadas abre espaço para otimismo.

O Real Madrid, que volta a entrar em campo neste domingo (14), contra o Eibar, ocupa a segunda posição e está a dois pontos do líder Barcelona. Faltam 11 jogos para o fim do Campeonato Espanhol. Segundo levantamento feito pelo jornal espanhol AS, Hazard marcou 35 gols nas 110 vezes que disputou as 11 últimas rodadas de campeonatos na última década – tanto por Lille quanto pelo Chelsea. Um número respeitável e que mostra sua capacidade de decidir jogos. Justamente o que os merengues precisam, em uma campanha permeada por resultados que não foram tão bons quanto as exibições.

Hazard Benzema Casemiro Real Madrid
Hazard Benzema Casemiro Real Madrid
(Foto: Divulgação/Real Madrid)

Resta saber se Hazard, em meio a forma como o futebol espanhol irá voltar, conseguirá enfim ser o Hazard que todos esperavam ainda nesta sua primeira temporada. Se for o caso, será o reforço que faltava para o Real Madrid voltar a ser campeão de La Liga após três temporadas.

Leia também