Por que Galvão Bueno ficou fora da abertura da Copa do Mundo após 36 anos?

Galvão Bueno desfalcou a abertura da Copa do Mundo (foto: Imprensa Globo/TV GLobo)
Galvão Bueno desfalcou a abertura da Copa do Mundo (foto: Imprensa Globo/TV GLobo)

Resumo da Notícia:

  • Galvão Bueno narrou as aberturas de Copa do Mundo nos últimos 36 anos

  • O narrador foi infectado com a covid-19 na semana de abertura do evento

  • Ele já chegou ao Catar e deve narrar o primeiro jogo da Seleção Brasileira

A Copa do Mundo começou neste domingo (20) e pela primeira vez em 36 anos uma ausência foi a sentida pelos espectadores que assistiram a cerimônia de abertura e o primeiro jogo: a falta da voz marcante de Galvão Bueno.

O narrador esportivo ficou de fora da transmissão da TV Globo, pela primeira vez desde 1986, porque foi contaminado com o vírus da covid-19 na semana anterior ao início da competição no Catar e foi negativado faltando poucos dias para a cerimônia.

Mesmo com tempo hábil, os médicos recomendaram que ele esperasse cerca de dois dias após deixar o hospital para embarcar ao Oriente Médio. No seu lugar foi escaldo o comentarista Luís Roberto para narrar os eventos deste domingo (21). Ele contou com os comentaristas e ex-jogadores Caio Ribeiro e Roger Flores.

Galvão já chegou ao país sede da Copa do Mundo Fifa ao lado da mulher, Desirée Soares, na noite do domingo mesmo e nesta segunda-feira (21), assistiu a parte do treino da Seleção Brasileira no hotel que o time está confinado. A estreia do grupo é na quinta-feira (24), contra a Sérvia.