Por que Aubameyang pode ser a grande barganha no mercado de transferências

Goal.com

Não é segredo que o Arsenal vinha convivendo com dificuldades dentro de campo, antes de a temporada ser suspensa por conta da pandemia do novo coronavírus. Os londrinos trocaram de treinador no meio da campanha e, hoje, estão apenas em nono na tabela da Premier League, muito longe de conseguirem uma vaga para a próxima edição da Liga dos Campeões da Europa.

O cenário atual inclusive pode ocasionar a saída de um dos principais jogadores da equipe. Pierre-Emerick Aubameyang, de 30 anos e que tem contrato até 2021, vem demonstrando pouco interesse em renovar o vínculo com os Gunners. E, desta forma, talvez seja hoje o atacante que mais desperte o interesse de grandes clubes do Velho Continente – afinal de contas, vários buscam uma boa opção ofensiva.

De acordo com notícia recente publicada pelo Metro, da Inglaterra, o Manchester United foi o último clube a demonstrar interesse na situação do gabonês. Além dos Red Devils, o Chelsea demonstrou interesse. Já o Barcelona o considera como opção caso não consiga contratar o argentino Lautaro Martínez, e a Inter de Milão faz o mesmo caso venda Lautaro para o Barça.

Se não renovar com o Arsenal, a tendência é que os Gunners optem pela venda, caso contrário Aubameyang poderia sair de graça um ano depois. De qualquer forma, aos 30 anos, o jogador que marcou 20 gols na atual temporada já desponta como uma barganha para os gigantes europeus que têm, hoje, o que o Arsenal não lhe pode oferecer: chance de jogar a Champions League.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também