Por primeira vitória na Série C, Paraná precisa acabar com marca incômoda

·1 minuto de leitura


Para a segunda rodada da Série C do Brasileirão onde enfrenta o Botafogo na Vila Capanema, o Paraná tem o claro objetivo de conseguir a primeira vitória na competição e, consequentemente, não ver os adversários na briga por vaga na próxima fase começarem a abrir uma vantagem difícil de ser tirada.

>Lance! Resultados: o APP que te deixa realmente atualizado!

Porém, antes disso, a equipe precisará superar uma barreira essencial na busca dos três pontos: voltar a conseguir marcar. Algo que, no caso do Tricolor, já não ocorre há quatro partidas na temporada.

Além do revés na estreia do Campeonato Brasileiro quando foi derrotado por 2 a 0 contra o Ypiranga em Erechim, o Paraná não balançou as redes no empate sem gols contra o Azuriz, na derrota por 1 a 0 diante do Operário (jogos da primeira fase do Paranaense) bem como passou em branco no jogo de volta das quartas de final do estadual contra o Athletico.

Questionado sobre o tem em coletiva, o técnico Maurílio Silva entende que os atletas, apesar de exercitarem as finalizações durante as atividades semanais, estão apresentando "falta de tranquilidade" na hora de executar durante as partidas:

- Não é nem ansiedade, é um pouco de falta de tranquilidade. Nosso atleta acha o espaço, que fazer a finalização, a gente treina semana toda, orienta, pede tranquilidade, equilíbrio corporal para que possa fazer a finalização.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos