Por falta de vacinas, narrador da Globo Jota Jr. não recebe segunda dose, afirma site

LANCE!
·1 minuto de leitura

O narrador do grupo Globo Jota Jr., de 72 anos, não recebeu sua segunda dose da vacina contra o Covid-19 nesta quinta-feira (08) na cidade de Americana, em São Paulo, como estava planejado. De acordo com o portal UOL, o jornalista deixou de receber o imunizante por falta de aplicações em seu município e ainda não existe uma previsão de quando ele poderá tomar a segunda etapa do antivírus. 

Jota Jr. tomou a primeira dose em 17 de março e tinha a segunda etapa marcada para esta quinta. Quando foi vacinado, alguns companheiros de Globo comemoraram e já especularam sua volta as transmissões do canal. Assim como Galvão Bueno e Léo Batista, que foram afastados das partidas por serem do grupo de risco, o narrador não narra um jogo no estádio ou no estúdio desde março de 2020. 

Leia também:

- Vários amigos e companheiros já foram vacinados, cada um é comemorado. Mas saber que o Jota Júnior (um dos mais queridos que conheço) tomou a primeira dose e em breve estará com a gente numa cabine é especial. Poderia estrelar campanha de vacinação como Zé Jotinha - escreveu o comentarista Sérgio Xavier Filho no Twitter quando o narrador tomou a primeira dose.

Este conteúdo não está disponível devido às suas preferências de privacidade.
Para vê-los, atualize suas configurações aqui.

Jota Jr. está no grupo Globo desde 1999 e, assim como Galvão Bueno e Léo Batista, é um dos jornalistas do canal que já recebeu ao menos a primeira dose da vacina contra Covid-19.