Por desfalques e falta de opção, Felipe Melo pode voltar a atuar na zaga do Palmeiras

·2 minuto de leitura


O Palmeiras tem sofrido com diversas ausências desde o início da temporada. Além das convocações para Eliminatórias e Copa América, o desgaste provocado pelo calendário tem lesionado alguns atletas da equipe. No momento, o setor defensivo é o mais prejudicado pelos desfalques e, em decorrência disso, Felipe Melo pode voltar a ser utilizado na zaga para suprir a falta de opções.

Barcelona anuncia contratação, United aumenta oferta por Sancho, PSG entra na briga por meia francês… O Dia do Mercado

Na última partida do Alviverde diante do Juventude, o zagueiro Luan saiu de campo ainda no primeiro tempo sentindo dores e, após exame posterior ao jogo, teve edema na panturrilha constatado. Felipe Melo recuou para zaga e cumpriu a função do parceiro de equipe durante o duelo, enquanto Zé Rafael substituiu o camisa 30 como volante.

Felipe teve atuação defensiva segura, ajudando a equipe a não ser vazada e sair com o resultado de 3 a 0 em Caxias do Sul. Além disso, contou com grande acerto no número de passes (97%) e de lançamentos (85%), o que agregou qualidade à saída de bola da equipe.

>> Veja a tabela completa do Brasileirão

Como opções de origem para a zaga, apenas Renan e Kuscevic, retornando de lesão, estão disponíveis. Principal defensor do plantel, Gustavo Gómez está representando a Seleção Paraguaia e, Luan, sua dupla na defesa central, agora está lesionado. Outra alternativa era Alan Empereur, que encerrou seu empréstimo com o clube e não teve sua opção de compra efetivada.

Esta não é a primeira vez que Felipe Melo desempenha a função no time. Na temporada passada, sob o comando de Vanderlei Luxemburgo, ele foi escalado como zagueiro durante boa parte da passagem do treinador. Inclusive, tendo sido importante para o Alviverde na final do Paulistão jogando na posição.

Embora o objetivo de recuar o jogador tivesse como principal ponto a tentativa de melhorar a qualidade no passe e a saída de bola da equipe, havia outra intenção por trás. A ideia passava também por tentar fazer com que Felipe fosse advertido com cartões menos vezes, fato que não teve o retorno esperado.

Em compensação, nesta temporada o volante demonstra uma melhora no quesito comportamental, sendo este o seu início de ano com menos cartões desde 2017. Alternando entre oito e nove cartões amarelos nos primeiros 21 jogos desde sua chegada, em 2021, Felipe Melo levou somente cinco cartões com o mesmo número de partidas.

Como opção na zaga ou no meio-campo, o camisa 30 deve estar entre os titulares do próximo jogo do Palmeiras. O Verdão vai a campo às 11h (horário oficial de Brasília) deste domingo (20) contra o América-MG no Allianz Parque.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos