Por conta da crise, Bayern pode contratar apenas Sané e um lateral


A imprensa alemã assegura que o Bayern de Munique entrou em um acordo por cinco temporadas com o atacante Leroy Sané após o jogador ter dado o “sim” em conversa com o técnico Hansi Flick por telefone. No entanto, ainda falta um acerto com o Manchester City. Além dele, os bávaros planejavam outras contratações, mas o impacto financeiro provocado pelo coronavírus não deve permitir acordos milionários. Um lateral, porém, segue nos planos.

Um dos grandes nomes da temporada do futebol do país, Kai Havertz, do Bayer Leverkusen, está fora dos planos clube. A saída do jovem pode custar cerca de 90 milhões de euros (R$ 540 milhões), valor considerado muito alto no atual momento. Upamecano, zagueiro do RB Leipzig, também interessa o gigante alemão e pode sair por 40 milhões de euros (R$ 240 milhões).

Dessa forma, o Bayern investe também na renovação dos atuais atletas do elenco, como Muller e Thiago. O time também espera estender vínculo com Alaba e aguarda uma resposta positiva de Neuer. Kimmich, Sule, Gnabry e Davies são vistos como o futuro da equipe pela diretoria.





Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também