Por Clayson, Corinthians oferece lista à Ponte Preta, que tem acordo verbal com Sheik

Jorge Nicola
Clayson é um dos destaques da Ponte no Paulistão (Bruno Ulivieri/Gazeta Press)

O Corinthians tem se esforçado para contratar Clayson, da Ponte Preta, para o Brasileirão. Nesta semana, o Timão enviou ao rival na final do Paulistão uma lista com o nome de três atacantes, que seriam utilizados para viabilizar o negócio. A relação conta com Luciano, Stiven Mendoza e Claudinho.

Destes, o único que está atualmente treinando no elenco do Corinthians é Mendoza. Porém, o colombiano não faz parte dos planos de Fábio Carille e tem recusado todas as ofertas que apareceram desde janeiro, incluindo Bahia, Goiás e um time do exterior. Mendoza nem estreou pelo Corinthians na temporada.

Já Luciano foi emprestado no meio do ano passado ao Leganés, da Espanha, e passou vários meses encostado. Desde o início de abril, ele tem sido mais aproveitado – marcou dois gols na vitória por 3 a 0 sobre o Las Palmas, nesta quarta-feira. Porém, o Leganés não demonstra interesse em adquiri-lo em definitivo no fim do empréstimo, que termina em três rodadas.

Claudinho se despede nesta sexta-feira do Santo André depois de disputar a final do Troféu do Interior pelo Santo André, para onde está emprestado desde janeiro. O time do ABC paulista perdeu a partida de ida por 1 a 0 para o Ituano. O garoto, contratado depois de aparecer bem na base do Santos, já foi avisado que não será incluído no elenco principal durante o Brasileirão.

A Ponte Preta ainda respondeu à oferta corintiana, alegando que só tratará do assunto no fim do Paulistão. Ainda assim, o Timão já entrou em contato com representantes de Clayson e fez uma proposta que agradou.

Apalavrado: Preocupada com a possibilidade de Clayson se juntar a Pottker e deixar o Moisés Lucarelli, a diretoria da Ponte Preta já acertou com um atacante extremamente conhecido do torcedor corintiano: Emerson Sheik. O acordo, verbal, estabelece que Sheik se apresente assim que o estadual terminar.

O veterano, de 38 anos, não joga desde 5 de novembro. Seu contrato com o Flamengo terminou no mês seguinte e, apesar de negociar com vários clubes, optou por tirar “férias” no primeiro trimestre de 2017.

Para acessar outras notícias do Blog do Jorge Nicola, clique aqui: