Por briga, Uefa pode excluir Lyon e Besiktas de competições europeias

Nesta quarta-feira, a comissão disciplinar da Uefa decidiu que vai punir Lyon e Besiktas caso os torcedores dos clubes voltem a protagonizar brigas e incidentes graves nos próximos anos, como aconteceu na última quinta-feira, pela Liga Europa.

Um dia após a vitória dos franceses por 2 a 1 no jogo de ida, a Uefa abriu um procedimento disciplinar contra os dois clubes pelos incidentes protagonizados pelos torcedores. A entidade multou os clubes em 100 mil euros (R$ 335 milhões).

Em caso de novos incidentes, Lyon e Besiktas serão excluídos das duas próximas competições europeias para as quais se classificarem. Isso porque a punição terá "um período provatório de dois anos".

A entidade ainda declarou o Lyon culpado por uma "organização insuficiente", já que as duas torcidas não foram bem separadas. Do outro lado, o Besiktas foi responsabilizado pelo lançamento de alguns objetos por parte de sua torcida e pela desordem.

Uma grande confusão atrasou em 45 minutos o início da partida entre as duas equipes pelas quartas de final da Liga Europa. Com uma briga nas arquibancadas do Parc Olympique Lyonnais, torcedores invadiram o gramado para tentar fugir da violência. Doze torcedores das duas equipes foram presos e sete pessoas ficaram feridas.

Segundo a imprensa local, o clima já começou a esquentar cerca de duas horas antes do jogo. Ainda fora do estádio, pelo menos dois torcedores do Besiktas foi algemados e presos. As autoridades da França já consideravam o confronto como alto risco. A expectativa se confirmou após bombas caseiras e fogos de artifício serem arremessados entre os torcedores.









E MAIS: