Pontuando em seis dos últimos sete jogos, Athletico pode voltar a pensar em Sul-Americana

Futebol Latino
·1 minuto de leitura


Depois de viver momentos consideravelmente turbulentos na temporada 2020/2021, parece que a reta final do Campeonato Brasileiro para o Athletico reserva boas surpresas. Ao menos, é isso que o resultados recentes indicam para a equipe dirigida por Paulo Autuori.

>Simule os resultados e veja onde o Furacão pode terminar o Brasileirão

Há sete rodadas atrás, o time vivia uma sequência de três resultados negativos seguidos (quatro se for inclusa a derrota que rendeu a eliminação para o River Plate na Libertadores) e convivia com a zona de rebaixamento que ficou apenas a dois pontos de distância. Enquanto o Furacão tinha 28 unidades, o Vasco (na época primeiro ocupante do Z4) tinha 26.

Porém, depois do revés contra o Atlético-MG na Arena da Baixada, a equipe engatou uma sequência muito importante de quatro vitórias (Bragantino, Vasco, Botafogo e Flamengo), dois empates (Atletiba e São Paulo) e apenas um revés, diante do Bahia, na penúltima rodada, em Salvador. Aproveitamento esse que totalizou a obtenção de 14 das 21 unidades possíveis.

Com isso, o alto aproveitamento dentro desse universo de partidas acabou sendo determinante para que o time voltasse a respirar ares de quem pode olhar mais para as competições continentais do que o risco de degola. Nesse momento, o Athletico está em 12° com 42 pontos, último time dentro da zona de classificação para a Copa Sul-Americana.

O próximo desafio da temporada para a equipe que tentará manter a sequência positiva recente será contra um postulante na briga pela Pré-Libertadores, o Ceará. O confronto está marcado para o próximo domingo (31) às 19h na Arena Castelão.