Ponte Preta vence Sampaio Corrêa em jogo movimentado e se afasta da zona de rebaixamento da Série B

·4 minuto de leitura


Na noite desta sexta-feira (3), Ponte Preta e Sampaio Corrêa fizeram um jogo muito movimentado pela Série B. A Macaca saiu na frente no final do 1° tempo, levou a virada no início da segunda etapa, mas conseguiu ficar em vantagem com dois gols de falta. Com o resultado, a equipe campineira ficou ainda mais longe do Z-4, enquanto que os visitantes perderam a chance de entrar no G-4.

Agora, os dois clubes voltam a campo no próximo sábado (11). Às 11h, a Ponte Preta enfrenta o Cruzeiro, fora de casa. Por outro lado, o Sampaio Corrêa recebe o Operário-PR, às 16h30. Ambas partidas são válidas pela 23ª rodada do Brasileirão Série B.

>Aplicativo de resultados do LANCE! está disponível na versão iOS

Começo sem emoções
Os primeiros movimentos da partida no Moisés Lucarelli não teve muitas emoções. Com a bola, a Ponte Preta encontrou dificuldades para trabalhar os passes e acabou cometendo erros na armação das jogadas. Bem compacta, a defesa do Sampaio não teve problemas para fazer os cortes.

Por sua vez, a equipe visitante optou pelas jogadas em velocidade e na transição rápida entre o setor de meio de campo e ataque. Apesar disso, não obteve êxito.

Bola parada como solução
Em casa, a Ponte seguiu com o maior tempo de posse e, por diversas vezes, tentou chegar pelo chão, mas não conseguiu furar o grande bloqueio defensivo do time maranhense. Entretanto, a bola pouco chegou nos atacantes até a metade da etapa inicial.

Com problemas para chegar tocando, a Macaca encontrou na bola parada a solução para assustar. Em cobrança de falta, Moisés acertou o travessão do gol defendido por Luiz Daniel.

De tanto insistir...
O jogo na primeira etapa foi todo da Ponte Preta. A equipe paulista pressionou e até forçou certas jogadas buscando o gol de abertura do placar. Léo Naldi e Richard pararam em Luiz Daniel nas suas tentativas, enquanto que Cleylton mandou fora.

Quando tudo parecia definido no primeiro tempo, veio o gol. Em um contra-ataque rápido, Marcos Júnior tocou para Richard. Na entrada da área, o atacante serviu Fessin, que na saída de Luiz Daniel tocou por baixo do goleiro para abrir o placar.

Buscando o resultado
​Na volta do intervalo, o técnico Felipe Surian mexeu no Sampaio Corrêa visando dar mais ofensividade ao seu time. Contudo, quem chegou primeiro foi a Ponte Preta. Rafael Santos cruzou, e Rodrigão apareceu livre para fazer o segundo. Mas, o lance foi invalidado por um impedimento.

Depois do susto, o time visitante entrou de vez no jogo e começou a criar boas oportunidades. Aos 11 minutos, Ferreira saiu frente a frente com Ivan e tentou o gol, mas o goleiro evitou o pior para a Macaca. Entretanto, no escanteio, Joécio apareceu livre e estufou as redes da equipe da casa, deixando tudo igual em Campinas.

Golaço em dose dupla
O jogo ganhou ainda mais emoção depois do empate no Moisés Lucarelli. Pouco depois de deixar tudo igual, o Sampaio Corrêa virou. Em contra-ataque rápido, Ciel encontrou Jean Silva em velocidade pelo meio. O atacante dominou e mandou uma bomba no canto direito alto de Ivan, sem chances para o goleiro.

Atrás no placar, a Ponte se lançou ao ataque e, por pouco, não fez o segundo em um erro bizarro de Luis Gustavo, que ficou indeciso junto do goleiro. Moisés roubou a bola, driblou Luiz Daniel e bateu, mas acertou o travessão. Mas, quem não errou foi Rafael Santos. Em cobrança ensaiada de falta, o lateral soltou uma bomba no canto esquerdo, sem chances de defesa.

Mais uma virada
​O gol de falta de Felipe Santos injetou ainda mais ânimo na Ponte Preta. Moisés tentou mais uma vez na bola parada e parou em Luiz Daniel. Pouco depois, Yago Henrique cabeceou no canto, a bola bateu na trave, cruzou na frente do gol, mas não entrou.

Quando a partida perdeu um pouco de ritmo, veio novamente a bola parada para decidir o confronto. Se no empate foi o lateral-esquerdo, Rafael Santos, que marcou, aos 44 minutos foi a vez do lateral-direito, Felipe Albuquerque, soltar uma bomba e virar o jogo para a Macaca e definir o placar de 3 a 2.

FICHA TÉCNICA
PONTE PRETA 3 X 2 SAMPAIO CORRÊA
​​​Local
: Estádio Moisés Lucarelli, em Campinas-SP
Data/Horário: 03 de setembro de 2021 (sexta-feira), às 19h
Árbitro: Paulo Henrique de Melo Salmazio (MS)
Assistentes: Leandro dos Santos Ruberdo (MS) e Cicero Alessandro de Souzao (MS)
Gols: Fessin (47'/1°T) (1-0), Joécio (11'/2°T) (1-1), Jean Silva (18'/2°T) (1-2), Rafael Santos (25'/2°T) (2-2), Felipe Albuquerque (44'/2°T) (3-2)
Cartões amarelos: Moisés, João Veras (Ponte Preta), Joécio, Betinho, Jean Silva, Luis Gustavo (Sampaio Corrêa)

PONTE PRETA: Ivan; Felipe Albuquerque, Cleylton, Ednei e Rafael Santos; Léo Naldi (Lucas Cândido, aos 2'/2°T), Marcos Júnior e Fessin (Yago Henrique, aos 17'/2°T); Richard (Iago, aos 17'/2°T), Rodrigão (João Veras, aos 45'/2°T) e Moisés. Técnico: Gilson Kleina.

SAMPAIO CORRÊA: Luiz Daniel; Watson (Luis Gustavo, aos 0'/2°T), Joécio, Éder Lima e Mascarenhas; Betinho (Márcio Araújo, aos 37'/2°T), Ferreira e Eloir (Pimentinha, aos 0'/2°T); Jean Silva, Ciel (Diego Cardoso, aos 37'/2°T) e Nadson (Daniel Costa, aos 45'/2°T). Técnico: Felipe Surian.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos