Ponte Preta tenta surpreender e repetir campanha do Paulista de 2017

Folhapress

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O início de 2017 para a Ponte Preta foi mágico e o título do Paulistão escapou por pouco. Depois de eliminar o Santos, nas quartas, e o Palmeiras, nas semifinais, o clube não foi páreo ao Corinthians na decisão.

Mesmo passados três anos e com um elenco bastante modificado, o mesmo comandante daquela final está de volta e espera realizar novamente uma grande competição.

"É claro que eu estou diferente porque nós estamos iniciando e montado um trabalho. Nós oxigenamos muito o grupo. Eu tenho confiança que a Ponte Preta vai estar muito mais consolidada neste ano. Vai ter um padrão, um modelo de jogo que nós vamos estipular", disse Gilson Kleina.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Depois de uma temporada irregular na Série B do Campeonato Brasileiro, a equipe contratou nomes conhecidos como lateral direito Apodi e o zagueiro Cleber Reis (ex-Santos) e liberou lideranças nos últimos anos como os zagueiros Renan Fonseca e Reginaldo.

"Estamos buscando uma característica diferente do ano passado. Queremos ter uma equipe mais agressiva", comentou o comandante.

"A Ponte tem uma camisa pesada e de tradição. Nós vamos fazer de tudo pela classificação, em um primeiro momento, e vamos tentar repetir a boa campanha de quando chegamos à final. Precisamos acreditar sempre nisso."

ASSOCIAÇÃO ATLÉTICA PONTE PRETA

Apelido: Macaca

Fundação: 11/8/1900

Estádio: Moisés Lucarelli (Majestoso), com capacidade para 19.728 pessoas

Principais títulos: quatro Torneios do Interior (2009, 2013, 2015 e 2018) e uma Série A-2 do Paulista (1969)

Melhor colocação: Vice campeã (1977, 1979, 1981, 2008 e 2017)

Técnico: Gilson Kleina

9º colocado no Paulistão-19

Leia também