Ponte Preta estreia com empate sem gols na Copa Sul-Americana

Vice-campeã da Copa Sul-Americana em 2013, quando foi derrotada pelo argentino Lanús, a Ponte Preta iniciou sua trajetória na edição deste ano da competição com empate. Apesar de ter sido superior na maior parte do jogo, a equipe de Campinas ficou no 0 a 0 com Gimnasia La Plata na noite desta quarta-feira, em pleno Moisés Lucarelli, pela ida da primeira fase da competição. O jogo da volta será em 9 de maio, no Estádio Del Bosque. Quem vencer avança. Empate com gols garante a Ponte na próxima fase.

A Ponte Preta tentou tomar par si as rédeas do jogo desde o início. Pottker, aos três minutos, obrigou o goleiro Alexis Martín a fazer defesa em dois tempos. Era o prenúncio de domínio da Ponte em Campinas.

Melhor em campo, a Ponte tinha o controle do jogo e ia acumulando chances. Elton e Cajá, com direito a tentativa de gol olímpico, levaram perigo. Mas faltava capricho para transpor o goleiro rival. Já o Gimnasia La Plata tentou apenas se defender o conter o ímpeto rival nos primeiros 45 minutos.

A Ponte de Gilson Kleina voltou com Clayson na vaga do volante Jadson para a etapa final. Mais ofensiva, a equipe de Campinas encontrou um adversário melhor posicionado em campo e trabalhando melhor a bola. Ibáñez e Alemán tiveram duas boas chances com menos de 15 minutos.

Após ser pressionada pela primeira vez no jogo, a Ponte voltou a criar, mas faltavam detalhes. Cajá, de falta, teve a melhor chance. A pressão aumentou nos minutos finais, mas o zero não saiu do placar.

Uma certeza para a Ponte será a ausência do atacante Lucca para o jogo da volta. Ele já havia sido substituído, mas foi expulso no banco de reservas por conta da sua conduta segundo a arbitragem.









E MAIS: