Ponte para Olimpíada, Filipinho mira título do ISA Games no Japão

Filipe Toledo briga por vaga olímpica (Foto: WSL / Dunbar)
Filipe Toledo briga por vaga olímpica (Foto: WSL / Dunbar)


Atual líder do ranking da World Surf League (WSL), Filipe Toledo é uma das estrelas que disputará o ISA World Surfing Games, que começa neste sábado, na praia de Miyazaki, no Japão. A participação no evento é um um dos requisitos para confirmar vaga nos Jogos Olímpicos de Tóquio, em 2020. A disputa será realizada onze meses antes da estreia do surfe como modalidade olímpica, o que promete emoção.

Filipinho já tem história nos eventos da International Surfing Association (ISA) e em 2011, quando garantiu o título mundial sub-16 no Peru, com uma virada emocionante a 30 segundos do final, com um aéreo reverse, comemorando a então inédita conquista por um brasileiro.

- Lembro bem daquela final no Peru. Este título foi marcante na minha carreira. Esta obrigatoriedade não estava nos meus planos, mas já que estamos aqui, porque não pensar em mais um título para o Brasil? - disse.

Logo depois do ISA Games, Filipe retorna à Califórnia, nos Estados Unidos, para defender a liderança do ranking na etapa no Surf Ranch, a piscina de ondas, a partir do dia 19.

- É gratificante poder chegar na piscina com a lycra amarela de número 1 do Mundo, ainda mais esse ano que tem muita gente diferente ganhando. Toda hora sempre um bem perto do primeiro colocado - comemorou.

Com melhores resultados na temporada a vitória na etapa de Saquarema, o segundo lugar em Bells Beach (Austrália), o terceiro em JBay (África do Sul) e o quinto em Bali (Indonésia), Filipe aparece em primeiro lugar no ranking da WSL. Restam ainda quatro etapas e, além de Surf Ranch, Portugal, França e a final no Havaí.











Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Leia também