Ponte 0x3 Corinthians: indiscutível superioridade

Fernando Graziani

Melhor defesa do Campeonato Paulista, o Corinthians contou também com grande eficiência do seu sistema ofensivo neste domingo para vencer o primeiro confronto da final contra a Ponte Preta por 3 a 0, em Campinas.

Confiando no seu mecanismo de marcação, que envolve todos os jogadores, o time do Parque São Jorge aguardou a iniciativa da Ponte e sempre que retomava a bola tinha saídas rápidas nos contra-ataques ou bolas longas para o centralizado Jô, que contava com Rodriguinho ou Jadson, ou ambos , como companhia. Não por acaso Rodriguinho marcou duas vezes e Jadson fez o dele também.

Finalizações certeiras no gol, das 17 que tentou, a Ponte Preta só conseguiu duas, justamente porque o bloqueio corintiano era muito bem feito. Prova disso é que a equipe campineira chutou nove vezes de fora da área, já que não conseguia espaço para infiltrações.

Já o Corinthians finalizou dez vezes, seis foram no alvo e três balançaram as redes. Aproveitamento de campeão que só não comemora o título no domingo que vem em caso de uma das maiores zebras da história do futebol.