Polícia dos EUA prende "viking" e mais dois invasores do Congresso

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura

A polícia norte-americana prendeu três apoiadores de Donald Trump que invadiram o Congresso, na última quarta-feira (6), dia em que os parlamentares certificariam a vitória de Joe Biden na eleição presidencial.

Um dos extremistas detidos é Jacob Anthony Chansley, mais conhecido como "Jake Angeli", que entrou no Capitólio usando chifres, rosto pintado com as cores da bandeira dos Estados Unidos e carregando uma lança de 1,8 metro de comprimento.

Leia também

Natural do estado do Arizona, Chansley responderá na Justiça por entrar/permanecer intencionalmente em qualquer edifício ou terreno restrito sem autoridade legal e entrada violenta e conduta desordenada nos terrenos do Capitólio.

Outro manifestante preso pela polícia foi Adam Johnson, visto em fotos carregando o púlpito da presidente da Câmara dos Deputados, a democrata Nancy Pelosi, pelos corredores do local. Johnson será indiciado pelos mesmos crimes de Chansley, além de uma acusação de roubo de propriedade do governo.

As autoridades federais também divulgaram a prisão de Derrick Evans por entrar em terreno sem autoridade e por violência desordenada.

Recém-eleito para a Câmara dos Delegados da Virgínia Ocidental, ele transmitiu ao vivo em seu Facebook um vídeo encorajando uma multidão que entrava ilegalmente no Congresso norte-americano.