Pol Espargaró vê falta de sorte após abandono no GP das Américas

É natural uma equipe que está em seu primeiro ano de desenvolvimento ter problemas durante as corridas, principalmente na Moto GP. Com o difícil trabalho de representar a KTM Red Bull em sua primeira temporada, Pol Espargaro acredita que faltou um pouco de sorte para seu time no último GP disputado, nos Estados Unidos.

“Fomos realmente azarados. Não sei o que podíamos ter feito, mas talvez pudesse ter sido possível conquistar um ponto”, afirmou o piloto. Foi a primeira vez que Pol não conseguiu terminar uma corrida na temporada, que já teve seus três primeiros eventos concluídos.

Para a próxima etapa do campeonato, em Jerez, na Espanha, Espargaró terá novos componentes que serão testados em Le Mans. Já nos Estados Unidos, o piloto testou a nova carenagem aerodinâmica de sua moto e não atestou nenhum ponto negativo.

“Começamos a sentir o problema na segunda volta. Eu não era rápido o bastante nas retas e em algumas curvas estava balançando muito. Honestamente, o time trabalhou muito esse fim de semana com a nova carenagem e não dormiu muito”, pontuou o piloto sobre o GP das Américas.

Com 25 anos, o jovem piloto tem esperanças para o futuro da mais nova equipe da Moto GP. “Sinto que algo bom está chegando, mas precisamos ser pacientes”, finalizou. O GP da Espanha, em Jerez, será disputado no fim de semana do dia 7 de maio.