Polícia irá investigar briga entre pais em jogo de juvenis na Espanha

A partida entre Valle del Ebro e SD Logroñés, no último sábado, terminada em 3 a 1 para o time visitante, o Valle del Ebro, pelo campeonato de acesso à Liga Nacional da Juventude espanhola, não terminou bem. Depois do jogo entre os juvenis, pais dos jogadores discutiram e entraram em confusão: agressões físicas mancharam o confronto.

Quando o resultado já estava definido, e os respectivos atletas inclusive já se encaminhavam aos vestiários, parentes dos jogadores iniciaram uma discussão. Conforme o vídeo abaixo, divulgado na internet, supostos pai e mãe trocaram agressões, foram contidos no momento e agora são investigados pela polícia de La Rioja, região onde a partida aconteceu.

O presidente do Valle del Ebro, Borja Jiménez, prometeu que irá se reunir com funcionários do SD Logroñés (SDL) – ambos os clubes se colocaram à disposição da polícia –, e repudiou profundamente o ocorrido.

“Estas coisas mancham a prática do futebol. O Vale del Ebro transmite valores que não tem nada a ver com as atitudes de pessoas violentas. Elas não deveriam nem pisar nos campos de futebol”, disse ao Mundo Deportivo.

Atualmente, a equipe do Valle del Ebro conta com cerca de 300 crianças e jovens, entre os 3 e 24 anos, divididos em 15 equipes, conforme a idade, contou o presidente ao periódico espanhol. Além disso, ele até chegou a cogitar a sua saída do cargo após o incidente, mas voltou atrás devido às mensagens de apoio que recebeu.