Pode cair cedo? Veja o que a Argentina precisa para avançar às oitavas de final da Copa do Mundo 2022

Argentina busca classificação às oitavas de final da Copa do Mundo (Foto: Kirill KUDRYAVTSEV / AFP)


Após a vitória sobre o México, a Argentina chegou aos três pontos e alcançou a vice-liderança do Grupo C. Nesta quarta-feira, a Albiceleste encara a Polônia, às 16h (horário de Brasília), em um confronto decisivo visando uma classificação às oitavas de final da Copa do Mundo.


Veja o que a Argentina precisa fazer para se classificar:

Em caso de uma vitória, a Argentina estará matematicamente classificada para as oitavas de final da Copa do Mundo. Ainda assim, a liderança não é uma garantia, uma vez que a Arábia Saudita poderia chegar aos seis pontos em caso de vitória sobre o México. Com isso, o critério de saldo de gols seria decisivo para o desempate entre as seleções.

+ Saiba qual fator pode complicar a Argentina diante da Polônia

Ainda assim, a Albiceleste daria um passo gigantesco para avançar de fase com a liderança do Grupo C. Em caso de vitória simples por 1 a 0 contra a Polônia, a Argentina alcançaria dois gols de saldo e iria obrigar a Arábia Saudita, que tem saldo negativo de um gol, a vencer o México por uma diferença de três gols.

Em caso de empate, a Argentina alcançaria os quatro pontos e permaneceria atrás da Polônia, que chegaria a cinco pontos. Dessa forma, os "hermanos" deveriam torcer contra uma vitória da Arábia Saudita, que ultrapassaria a equipe de Lionel Scaloni com seis pontos conquistados.

Nessa situação, o empate seria benéfico para a Argentina, uma vez que a Arábia Saudita chegaria aos mesmos quatro pontos, mas com um saldo de gols pior. Por outro lado, o México precisaria vencer a seleção asiática por três gols ou mais de diferença, mas marcando no mínimo quatro gols para igualar a Albiceleste no número de pontos, mas vencer a disputa pelos critérios de saldo de gols ou gols marcados na competição.

Em caso de derrota, a Argentina estará matematicamente eliminada. A Polônia seria líder da chave com sete pontos e Arábia Saudita ou México iriam ultrapassar a equipe sul-americana independentemente do resultado. Lionel Messi e sua trupe não podem dar mole diante dos europeus.

A Argentina depende apenas de si para se classificar e avançar com a liderança do Grupo C. Na próxima fase, a líder da chave deve encarar Dinamarca ou Austrália, que farão jogo decisivo na última rodada do Grupo D em busca de uma classificação, sendo que os europeus precisam obrigatoriamente da vitória para avançar.