Pochettino diz que assaltos nas casas de Marquinhos e Di María afetaram os jogadores do Paris Saint-Germain

LANCE!
·1 minuto de leitura


Apesar da derrota do Paris Saint-Germain para o Nantes por 2 a 1 pela Ligue 1, a noite do último domingo foi marcada pelos assaltos nas casas de Marquinhos e Di María. O meio-campista argentino foi substituído no segundo tempo após Leonardo, diretor do clube, informar o técnico Mauricio Pochettino do que ocorreu.

O treinador não quis justificar o revés por conta do que aconteceu fora de campo, mas afirmou que o rendimento do time caiu.

- Isso não é desculpa, mas é verdade que houve uma queda de energia. Com os jogadores, conversamos sobre outras coisas (além da derrota) no final da partida. Para os atletas, vai além do futebol e isso tem que ser levado em consideração.

> Veja a tabela da Ligue 1

Após os dirigentes tomarem conhecimento do caso de Di María, a imprensa francesa também confirmou que a casa do brasileiro foi assaltada. Marquinhos chegou a ir às redes sociais para tranquilizar os fãs e dizer que a família estava bem apesar do susto.