PM interrompe festa com mais de 100 pessoas em Macapá

Colaboradores Yahoo Notícias
·1 minuto de leitura
PM interrompe festa em Macapá

A Polícia Militar do Amapá interrompeu uma festa clandestina, com pelo menos 100 pessoas, na zona norte de Macapá, na noite do último sábado (20). O evento descumpriu protocolos de segurança contra o novo coronavírus.

Segundo informações do portal G1, a PM abordou os participantes, em grande parte jovens, e detectou que a maioria deles não usavam máscaras, item obrigatório de proteção contra a Covid-19.

Leia também

O evento acontecia numa casa alugada e desobedeceu normas estaduais de combate à pandemia, como realização de aglomeração, falta de equipamento de proteção e distanciamento social.

Viaturas da PM chegaram no local após diversas denúncias de som alto e perturbação do sossego na região.

O organizador da festa não foi encontrado pelos policiais. Não houve prisões em flagrante, apenas a dispersão dos integrantes da aglomeração.

A ação da PM contou com a participação de militares do 2º Batalhão, Força Tática e do Batalhão de Operações Especiais (Bope), através da companhia de Rondas Ostensivas Táticas Motorizadas (Rotam).