Técnico diz que ainda não conversou com PSG sobre futuro: "Não é o momento"

EFE

Paris, 4 abr (EFE).- O treinador do Paris Saint-Germain, o espanhol Unai Emery, revelou nesta quarta-feira que ainda não conversou com os proprietários do clube sobre seu futuro, ao mesmo tempo em que a imprensa local intensifica os rumores sobre sua saída para a chegada do alemão Thomas Tuchel.

"Não é o momento de falar (de futuro). Temos que prosseguir o nosso trabalho para vencer o Campeonato Francês", declarou o treinador, cujo time lidera a 'Ligue 1' com 17 pontos de vantagem para o Monaco, segundo colocado.

Em entrevista coletiva, Emery garantiu ter uma boa relação com o presidente do PSG, Nasser Al-Khelaifi, e com o diretor esportivo, Antero Henrique.

"É certo que vamos conversar depois. Já falei com eles, mas não muito profundamente, sobre a próxima temporada. Vamos ver o que é melhor para o clube e para mim, como o objetivo de sempre evoluir", destacou.

Segundo o jornal "Le Parisien", Al-Khelaifi escolheu Tuchel para treinar o PSG na próxima temporada, indo de encontro ao critério de Antero Henrique, que quer alguém que já tenha vencido a Liga dos Campeões. EFE


Leia também