Pituca fala do amor pelo Santos e diz querer voltar: 'É um até logo'

LANCE!/DIARIO DO PEIXE
·1 minuto de leitura


Pituca vive um turbilhão de sensações. Essa é a semana mais importante em sua carreira como atleta profissional, mas também pode ser a última como jogador do Santos.


Em entrevista ao podcast da Conmebol Libertadores, o jogador lembrou sua chegada ao Peixe e já deixou o recado de que quer voltar um dia.

- Desde quando eu cheguei no Santos, em 2017, nunca imaginei a despedida. Vou para o Japão, mas sou torcedor do Santos, torço de verdade mesmo. Infelizmente aconteceu, a bola é muito rápida. Fico feliz por fazer parte da nação santista, da história - falou o atleta, que completou:

- Não é um adeus, é um até logo. Espero cumprir meu contrato no Japão e que eles me recebam de volta no Santos. Espero que esse capítulo seja encerrado com título, dando alegria aos torcedores e minha família. Fazer história no meu clube de coração.

Diego Pituca vai jogar no Kashima Antlers, do Japão. Na proposta inicial, o Peixe receberia US$ 1,6 milhão (R$ 8,2 milhões) à vista, pagos já em dezembro, mas o negócio não foi aceito pelo Santos na época. Contudo, os japoneses melhoraram a oferta e os valores finais ainda não foram divulgados, mas a negociação concretizada e anunciada por ambos os clubes.

Pituca será titular do Santos nesta sábado, às 17h, na grande final da Copa Libertadores da América, contra o Palmeiras, no Maracanã. Caso o Peixe seja campeão, o volante ficará para a disputa do Mundial de Clubes da FIFA, competição que será disputada no Catar.