Pirani lembra trajetória e quer retribuir carinho da torcida do Santos com títulos

LANCE!DIÁRIO DO PEIXE
·2 minuto de leitura


Perto de completar um mês de sua estreia como profissional do Santos, o garoto Gabriel Pirani segue ganhando espaço no elenco santista. O meia, que já marcou um gol com a camisa do Peixe, conversou, com exclusividade, com o DIÁRIO DO PEIXE, lembrou sua trajetória e falou sobre suas características.

> Confira a classificação atualizada do Campeonato Paulista

- Sou uma pessoa tranquila, muito centrado naquilo que traço como objetivo, minha família me dá todo o respaldo necessário para que eu me mantenha focado apenas em jogar futebol, não me preocupo com status. Passei em testes no São Paulo com 7 e 8 anos, mas naquela época a equipe sub 11 não disputava nenhum campeonato, então surgiu a oportunidade de fazer um teste no Santos e não pensei duas vezes, passei no teste e me consolidei. Estou aqui há quase 10 anos e todos esses anos foram de muitos títulos e de muitos aprendizados. Sou versátil podendo jogar no meio campo ou mais avançado como ponta e falso 9, tenho uma boa leitura de jogo, veloz e uma ótima finalização - analisou o garoto.

Depois de ganhar as primeira chances como profissional, Pirani começa a ser mais conhecido dos torcedores. O meia tenta retribuir o carinho, tanto nas mensagens, quando dentro de campo.

- A relação com a torcida é ótima, eles sempre dão apoio pra quem vem da base e comigo não foi diferente, nos passam confiança pra darmos sequência no nosso trabalho. E sim, no momento estou recebendo muitas mensagens e estou sempre respondendo, é muito legal receber esse carinho do torcedor e que possamos retribuir dentro de campo com títulos - completou.

Pirani está com o elenco do Santos em Atibaia, onde a equipe realiza os treinamentos dessa semana, já que está proibida de trabalhar no CT Rei Pelé até o próximo dia 4, por conta das restrições impostas na Baixada Santista no combate à Covid-19. O próximo jogo confirmado do Peixe é somente no dia 6, contra o San Lorenzo pela Libertadores.