Pira da Rio-2016 falha e apaga enquanto criador da cerimônia no Brasil critica falta de tecnologia em Tóquio

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·1 minuto de leitura
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A pira olímpica dos Jogos Rio-2016, que foi novamente acesa na Candelária na quinta-feira (22), ficou apagada durante a madrugada desta sexta (23) por cerca de duas horas e meia.

Em nota, a Prefeitura do Rio informou que a falha ocorreu devido a um "problema técnico".

Curiosamente, durante a cerimônia de abertura das Olimpíadas de Tóquio, também nesta sexta, o cineasta Fernando Meirelles, principal responsável pela festa de abertura no Rio, disse ao portal UOL que "esperava um pouco mais de tecnologia" no evento dos japoneses.

Por volta das 7h, o prefeito Eduardo Paes (PSD) brincou com a situação e informou que a pira já estava funcionando novamente. "Já acendeu de novo. É que o fogo não veio da Grécia e não era olímpico. Eu acendi a tocha com um isqueiro comum. Aí já sabe né...", escreveu em uma rede social.

A iniciativa de reacender a pira foi uma homenagem aos Jogos de Tóquio, mas não faz parte da programação oficial do evento.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos