Piquerez inicia transição no Palmeiras, mas segue como desfalque; veja provável time

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
Piquerez iniciou transição, mas ainda segue fora da escalação do Palmeiras (Foto: Cesar Greco/Palmeiras)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.


O Palmeiras treinou na manhã desta segunda-feira, na Academia de Futebol, e deu sequência na preparação para enfrentar o Deportivo Táchira-VEN, nesta terça-feira, às 21h30, no Allianz Parque, pela fase de grupos da Libertadores. Caso vença a equipe venezuelana, o Verdão supera o Boca Juniors-ARG de 2005 como a melhor campanha da história da fase de grupos e ficará isolado como melhor ataque

GALERIA
> Relembre as contratações do Palmeiras na Era Anderson Barros

TABELA
> Veja classificação e simulador da Libertadores-2022 clicando aqui

> Conheça o aplicativo de resultados do LANCE!

Abel Ferreira e sua comissão comandaram duas atividades técnicas em campo reduzido. O lateral-esquerdo Piquerez avançou na recuperação de lesão na coxa direita e fez atividades de transição física no campo ao lado. O zagueiro Luan e o atacante Gabriel Veron seguem cronogramas individualizados de recondicionamento físico.

De acordo com as últimas escalações, é possível que Abel Ferreira novamente leve a campo um time mesclado com titulares e reservas. A dúvida fica em cima do retorno de Raphael Veiga, que foi desfalque diante do Juventude por conta de uma virose. Gustavo Gómez, que cumpriu suspensão no Brasileirão, deve voltar para a equipe.

Um provável Palmeiras para esta terça seria: Weverton; Marcos Rocha, Kuscevic, Gustavo Gómez (Murilo) e Jorge; Danilo, Atuesta (Zé Rafael) e Gustavo Scarpa (Raphael Veiga); Dudu (Gustavo Scarpa), Wesley e Rafael Navarro (Rony).

Apesar da diminuição dos casos de Covid-19 e da flexibilização das medidas de restrição por conta da pandemia, o Verdão ainda não liberou a presença de jornalistas nos treinamentos. Assim, as informações são fornecidas pela assessoria de imprensa do clube.

Atual bicampeão continental, o Alviverde ostenta a melhor campanha da atual edição do torneio, com 15 pontos (cinco vitórias em cinco rodadas), 21 gols marcados e saldo de 19 – o Boca Juniors somou 18 pontos em 2005, mas com saldo de 17. O Palmeiras já igualou o River Plate-ARG como o melhor ataque da história da fase de grupos da competição, mas se isolará também nesse quesito caso balance a rede novamente nesta terça-feira.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos