Piqué "destrói" Sergio Ramos no El Clásico

Zagueiro do Barcelona ganhou mais da metade dos confrontos, cometeu menos faltas, ajudou mais a sua equipe e nunca foi expulso

Sua rivalidade transcende o campo de jogo. Eles parecem ser amigos quando estão na seleção espanhola, mas só a realidade é outra. Poucas horas antes do clássico entre Barcelona e Real Madrid, a Goal relembra os confrontos entre Sergio Ramos e Gerard Piqué.

E quem sai na frente é o zagueiro do Barcelona, que destrói a defesa do Real em termos estatísticos. Como uma figura proeminente, Piqué ganhou 13 dos 23 clássicos que disputou, tendo perdido apenas seis e empatado quatro.

Além disso, Piqué ganhou 52% contra os merengues (13 vitórias, seis empates e seis derrotas, em 25 confrontos), enquanto Ramos registra apenas 33% (11 vitórias, sete empates e 15 derrotas, em 33 jogos).

Para piorar a situação, a influência de Piqué é maior: tem uma média de 52 passes por jogo, contra 28 de Ramos. E sempre que esteve em campo, o Barcelona marcou pelo menos um gol.

Em termos de faltas cometidas, a comparação também favorece o jogador do Barça. Sergio Ramos cometeu uma média de duas infrações, enquanto Gerard atinge apenas uma média de 0,6.

Desta forma, ele nunca foi expulso contra os merengues, enquanto o capitão do Real já deixou o campo mais cedo quatro vezes. Na verdade, a equipe catalã é o adversário em que ele registra maior número de cartão vermelho.