As piores contratações sul-americanas da história do Barcelona

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·4 minuto de leitura
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.

O Barcelona certamente é uma das maiores equipes da história do futebol. Durante sua trajetória, a equipe já contratou diversos jogadores sul-americanos. Alguns deram muito certo. Outros, nem tanto. Confira as piores contratações de jogadores sul-americanos em um dos clubes mais importantes do planeta:

1. Martín Cáceres

Zagueiro não teve sucesso na Catalunha | FC Barcelona v New York Red Bulls | Mike Stobe/Getty Images
Zagueiro não teve sucesso na Catalunha | FC Barcelona v New York Red Bulls | Mike Stobe/Getty Images

O time, comandado por Guardiola, pagou mais de 16 milhões de euros ao Villarreal por esse zagueiro uruguaio. É difícil entender como Pep se interessou em Cáceres e os resultados provam que não foi um bom negócio: ele jogou apenas algumas partidas em uma equipe que não parava de crescer e brilhar.

2. Geovanni Deiberson

Jogador teve pequenos lampejos no clube | Geovanni of Barcelona | Ross Kinnaird/Getty Images
Jogador teve pequenos lampejos no clube | Geovanni of Barcelona | Ross Kinnaird/Getty Images

O Barcelona desembolsou 21 milhões de euros em 2001 pelo jogador brasileiro, que atuava Cruzeiro. Apesar da grande expectativa que sua chegada gerou e além de algumas boas atuações esporádicas, sua passagem pela equipe foi um verdadeiro fracasso. Em 2003 foi emprestado ao Benfica.

3. Juan Román Riquelme

Riquelme é um dos melhores jogadores argentinos | Juan Roman Riquelme of Barcelona running with the ball at his feet | Laurence Griffiths/Getty Images
Riquelme é um dos melhores jogadores argentinos | Juan Roman Riquelme of Barcelona running with the ball at his feet | Laurence Griffiths/Getty Images

Uma advertência deve ser feita aqui. Ninguém contesta Riquelme como jogador. Ele foi um dos melhores jogadores de futebol do século 21 e um dos mais importantes da história do futebol argentino. No entanto, para um jogador do seu nível, a passagem pelo Barcelona foi uma decepção. Muito disso se deve ao técnico Van Gaal, que não pediu sua contratação e não gostou do estilo de jogo de Riquelme.

4. Fabio Rochemback

Jogador destacou-se no Inter e foi para o Barça | Barcelona v Alaves X | Firo Foto/Getty Images
Jogador destacou-se no Inter e foi para o Barça | Barcelona v Alaves X | Firo Foto/Getty Images

O meio-campista brasileiro chegou ao Barça em 2001 depois de se destacar no Internacional. Ficou duas temporadas no clube, mas seu estilo de jogo nunca correspondeu ao estilo que o time de fato colocava em prática. Acabou indo para o Sporting em 2003.

5. Maxi López

Máxi atuava no River quando foi contratado | New player of the FC Barcelona Argentini | LLUIS GENE/Getty Images
Máxi atuava no River quando foi contratado | New player of the FC Barcelona Argentini | LLUIS GENE/Getty Images

O atacante atuava no River Plate e fez um grande jogo contra o Boca Juniors no Superclássico de 2004. Isso foi o suficiente para ser comprado pelo Barcelona por 6 milhões de euros. Ele teve um bom começo e até marcou contra o Chelsea pela Liga dos Campeões, mas menos de um ano e meio depois de chegar foi emprestado ao Mallorca e não voltou mais.

6. Juan Pablo Sorín

Jogador atuou em apenas 15 jogos | Juan Pablo Sorin of Barcelona | Firo Foto/Getty Images
Jogador atuou em apenas 15 jogos | Juan Pablo Sorin of Barcelona | Firo Foto/Getty Images

Esperava-se muito mais do ex-capitão da Seleção Argentina em sua passagem por empréstimo ao Barça. Ele jogou apenas 15 jogos em um ano, marcando um gol. Depois dessa passagem apagada, partiu para o Paris Saint-Germain.

7. Keirrison

Jogador não chegou a jogar pelo clube | Barcelona's new signing Brazilian Keirri | LLUIS GENE/Getty Images
Jogador não chegou a jogar pelo clube | Barcelona's new signing Brazilian Keirri | LLUIS GENE/Getty Images

Os 14 milhões de euros que o Barcelona gastou em Keirrison devem ser uma das maiores fortunas que foram jogadas fora na história do futebol. O atacante surpreendeu no Brasil e aos 19 anos chegou ao gigante europeu, embora não tenha jogado um minuto sequer com a camisa do Barça. A sua carreira continuou com empréstimos a várias equipes, incluindo Fiorentina, Benfica, Santos e Cruzeiro, até retornar ao Coritiba aos 27 anos.

8. Douglas

Jogador atuava no São Paulo | FBL-ESP-LIGA-BARCELONA-DOUGLAS | JOSEP LAGO/Getty Images
Jogador atuava no São Paulo | FBL-ESP-LIGA-BARCELONA-DOUGLAS | JOSEP LAGO/Getty Images

Uma contratação que ninguém entende, nem mesmo o próprio São Paulo, clube onde Douglas jogou até 2014. O Barça o comprou por 4 milhões de euros mais 1,5 milhão em variáveis ​​e ele só jogou 5 partidas antes de ser emprestado ao Sporting Gijón.

9. Yerry Mina

Jogador atuava no Palmeiras | FC Barcelona v Real Sociedad - La Liga Santander | Soccrates Images/Getty Images
Jogador atuava no Palmeiras | FC Barcelona v Real Sociedad - La Liga Santander | Soccrates Images/Getty Images

A falta de oportunidades e as exigências muito altas de um clube como o Barcelona formaram a combinação fatal para o zagueiro colombiano que chegou do Palmeiras em janeiro de 2018 por 11,8 milhões de euros. Jogou pouco e em agosto já estava sendo vendido para o Everton.

10. Malcom

Jogador pouco brilhou na equipe | FC Barcelona v Real Madrid - Copa del Rey Semi Final | Angel Martinez/Getty Images
Jogador pouco brilhou na equipe | FC Barcelona v Real Madrid - Copa del Rey Semi Final | Angel Martinez/Getty Images

O Barcelona pagou 40 milhões de euros por este jogador que permaneceu no clube por um ano antes de ser vendido ao Zenit. A confiança de Valverde não foi conquistada e ele não teve o destaque que todos esperavam.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos