Pioli admite que Internazionale não deve ir para a Champions

A Internazionale empatou com o Torino, neste sábado, pelo Campeonato Italiano, e perdeu a chance de encostar no terceiro colocado Napoli, que tem cinco pontos a mais e um jogo a menos. Com esse cenário, o treinador Stefano Pioli admitiu que uma classificação para a Liga dos Campeões ficou difícil.

“A Champions League, uma meta incrível que colocamos para nós mesmos, está certamente mais distante agora”, declarou o técnico de 51 anos. “Não estamos satisfeitos, a performance não foi das melhores mesmo com a vontade e o desejo de ganhar. Nós desperdiçamos a oportunidade”.

Ao comentar a partida, o comandante da Inter identificou que a sua equipe não se adaptou rapidamente ao estilo da equipe de Turim e afirmou que os seus comandados mereciam a vitória pelas chances criadas.

“Jogamos contra um adversário agressivo, mas não nos adaptamos suficientemente rápido. Cometemos muitos erros técnicos”, afirmou Pioli. “Apesar disso tudo, há um arrependimento, porque, no final das contas, tivemos quatro chances e merecíamos a vitória. Tentamos vencer até o fim, mas não fomos bem-sucedidos”.

Além disso, o treinador italiano reconheceu que os times que estão à frente do clube de Milão são mais fortes. “É claro que essas equipes na frente são mais fortes do que nós e regularmente vencem. Eu esperava algo a mais hoje. Agora temos que nos recuperar e nos preparar para um último Sprint”.

Pioli, que assumiu a Inter de Milão no decorrer da temporada depois de Frank De Boer ser demitido após 14 partidas, vem fazendo um grande trabalho e até o momento está com 14 vitórias, um empate e cinco derrotas em 20 partidas no comando do time dos Nerazurri. Contudo, o time precisa manter a boa sequência para não perder a vaga para uma competição europeia.

Na Copa da Itália, a equipe do Giuseppe Meazza foi eliminada nas quartas de final e, na Liga Europa, a Internazionale caiu na fase de grupos.