Pinheiros vence Vasco fora de casa e larga na frente no 1º jogo da série

O Pinheiros conseguiu um grande resultado em busca de uma vaga nas quartas de final do NBB. Nesta terça-feira, a equipe paulista visitou o Vasco, no Ginásio Vasco da Gama, no Rio de Janeiro, e conseguiu uma consistente vitória por 83 a 74 no jogo 1 do duelo da primeira fase dos playoffs.

Com o resultado, a equipe paulista sai em vantagem na série, disputada em melhor de cinco de jogos, e pode garantir a classificação de forma antecipada, já que jogará as duas próximas partidas em casa e tem a vantagem de realizar três duelos como mandante. Quem se classificar irá enfrentar o Flamengo, líder da fase inicial do NBB.

Os grandes nomes da vitória do Pinheiros foram o armador Bennett, que anotou 22 pontos e oito assistências, e o pivô Ansaloni, que conseguiu um duplo-duplo, com 13 pontos e 13 rebotes. Pelo lado do Vasco, destaque para o ala Gaúcho, que fez 28 pontos e foi o cestinha da partida.

O segundo jogo da série está marcado para a próxima sexta-feira, às 21h30(de Brasília), no Ginásio Poliesportivo Henrique Villaboim, em São Paulo. O terceiro duelo também será na capital paulista, no domingo, às 16h(de Brasília). Se necessário, a disputa ainda terá um quarto confronto, no Rio de Janeiro, e um quinto, em São Paulo.

O jogo – A partida teve início com o Pinheiros mostrando domínio. Após um começo com muitos erros de arremesso, as equipes de acertaram e o time paulista conseguiu ter um melhor rendimento, principalmente nos minutos finais do primeiro quarto. Com isso, conseguiu abrir distância e encerrar o primeiro período com vantagem de 16 a 9.

Após sair atrás, o Vasco conseguiu se recuperar no segundo quarto e diminuir a distância para três pontos após bom arremesso de Hélio. A redenção, no entanto, durou pouco, já que, com uma boa sequência, o Pinheiros chegou a abrir 12 pontos de vantagem. Precisando reverter a longa distância no marcador, o Cruzmaltino se aproveitou de uma série de bolas de três de Nezinho e David Jackson e ainda diminuiu o prejuízo para 36 a 33 antes do intervalo.

Se conseguiu encerrar a primeira metade do jogo apenas três pontos atrás, o Vasco viu um Pinheiros arrasador no terceiro período. Com uma grande atuação, a equipe paulista conseguiu converter seus arremessos e se aproveitar dos erros do adversário para abrir 17 pontos e ir para o último quarto com 67 a 50 no placar.

Precisando de um milagre, o Vasco teve um bom início de quarto período e, após um arremesso de três pontos de David Jackson, conseguiu diminuir a desvantagem para sete pontos. O jogo seguiu equilibrado e foi para os dois minutos finais com liderança de apenas seis pontos dos visitantes.

Na sequência, o Vasco conseguiu diminuir a distância para quatro pontos e teve o ataque para deixar a vantagem adversário em apenas uma posse de bola. No entanto, o Cruzmaltino não conseguiu controlar o relógio, forçou o arremesso e deu o contra-ataque ao Pinheiros, que aproveitou para converter sua jogada e retomar a liderança por seis pontos no placar.

Restando 27 segundos para o fim, Teichmann conseguiu uma cesta crucial e aumentou a vantagem do Pinheiros para oito pontos. Sem tempo para reação, a equipe carioca ainda viu Teichmann conseguir uma grande enterrada em contra-ataque e decretar a vitória por 83 a 74 do time paulista.