Pinheiros derrota o Vasco e fica a uma vitória das quartas do NBB

Em um duelo decidido na linha de lances livres nos segundos finais, equipe paulista conta com atuação de gala do americano Holloway e volta a vencer o Cruz-Maltino

O Pinheiros voltou a vencer o Vasco no terceiro jogo do playoff em melhor de cinco das oitavas de final do NBB. Neste domingo, no Ginásio Henrique Villaboim, em São Paulo, o time da capital paulista garantiu a vitória na linha de lances livres nos segundos finais por 81 a 78, com parciais de 24-18, 20-18, 16-17 e 21-25, e fez 2 a 1 na série.

O ala-armador americano Holloway foi o nome da partida. Ele anotou 31 pontos, pegou seis rebotes e deu duas assistências. Outro destaque foi Bennett, com 11 pontos. Gemerson fez oito e pegou sete rebotes. No Vasco, o jogo coletivo funcionou. David Jackson terminou com 22 pontos, com cinco rebotes. Nezinho fez 20, com duas assistências, e Márcio, 100% na linha de três pontos, anotou 15. Murilo marcou 11 pontos, com cinco rebotes.


O Pinheiros abriu o placar com falta de Bennett, e dominou o primeiro quarto. Chegou a abrir oito pontos e manteve ritmo forte de ataque e defesa. O Vasco tentava alcançar o rival com muitas faltas, dando vantagem ao time da casa.

No segundo quarto, a equipe pinheirense abriu 12 pontos de vantagem e manteve um forte ritmo. Já no terceiro quarto, os cariocas apertaram o cerco para cima dos paulistas e chegaram bem próximo no placar, mas o time da casa não deu chances e se manteve à frente.

No último período, as equipes se igualaram na disputa. A 31 segundos do fim, o Vasco teve a chance de empatar, mas Jackson perdeu o rebote defensivo e fez uma falta. Gemerson anotou os pontos e selou a vitória.

– Playoff é assim. O Vasco é experimente e cheio de qualidades. Mas playoff é muito mais um jogo mental do que físico. O que prezamos na equipe, que eu converso muito com os meus colegas de time, é isso. Trabalhar a cabeça para fazer sempre um jogo bom. Hoje (ontem), fizemos nossa defesa coletiva e fluímos no ataque. A vitória nos deu ainda mais motivação para ir para o quarto jogo – disse o capitão pinheirense, Neto.

O quarto duelo da série acontecerá em São Januário, no Rio de Janeiro, mas ainda não tem data definida pela Liga Nacional de Basquete.












E MAIS: