Pimpão lembra 'jogo da vida' na Copa do Brasil e sonha com nova conquista

Vinícius Britto
Rodrigo Pimpão chegou ao quinto gol na temporada, e desencantou após sete partidas em branco (Divulgação)

Na Libertadores, o Botafogo segue confortável na liderança do grupo A. Mas, nesta quarta-feira, o Glorioso vira a chave para a Copa do Brasil, onde estreia diante do Sport, às 21h45, no Estádio Nilton Santos. E a competição trás boas recordações para o atacante Rodrigo Pimpão, principalmente do ano de 2014.

Na época, ele foi decisivo na virada histórica do América-RN, contra o rival do Botafogo - Fluminense - na terceira fase da competição, marcando o último gol do triunfo de 5 a 2 do time potiguar em pleno Rio de Janeiro.

- Minha melhor lembrança da competição é no Maracanã, pelo América-RN, quando vencemos o Fluminense por 5 a 2. Foi histórico e ficou marcado para sempre para mim e para o clube na época - disse Pimpão, que ainda completa lembrando a importância da conquista nacional para o elenco do Botafogo.

- Acho que seria de extrema importância. Primeiro porque eu não tenho esse título ainda, assim como vários jogadores daqui. Nós buscamos para o clube e para a gente. É ter foco total na Copa do Brasil. Sabemos que já estamos nas oitavas e ela vira um outro ponto para chegar na Libertadores do ano que vem.

O treino desta terça-feira - realizado no campo principal do Nilton Santos - foi fechado para a imprensa. A tendência é de que o Botafogo enfrente o Sport com Gatito, Emerson, Carli, Emerson Silva e Victor Luís; Airton, Bruno Silva, João Paulo e Camilo; Rodrigo Pimpão e Roger (Sassá) no comando do ataque.







E MAIS: