Piloto suíço de 19 anos morre após acidente em treino da Moto3

·2 minuto de leitura
Equipe médica do circuito de Mugello atende o piloto suíço Jason Dupasquier após acidente no sábado (29) no treino de classificação da Moto3

O piloto suíço Jason Dupasquier, da categoria Moto3, que sofreu um grave acidente no sábado no treino de classificação do Grande Prêmio da Itália, não resistiu e morreu neste domingo aos 19 anos, anunciou a organização do Mundial de Motovelocidade.

"Apesar dos esforços da equipe médica do circuito e de todos os que atenderam o piloto suíço, o hospital (Careggi, de Florença) anunciou que infelizmente Dupasquier faleceu", afirma o comunicado oficial.

O hospital confirmou à AFP "o início do processo de constatação da morte cerebral, devido as lesões cerebrais incompatíveis com sua sobrevivência".

O jovem piloto foi "submetido durante a madrugada a uma cirurgia torácica para uma lesão vascular", afirmou o hospital algumas horas antes, ao apontar as "graves lesões cerebrais" e o estado "muito grave".

Dupasquier caiu entre as curvas 9 e 10 do circuito de Mugello, nos últimos minutos do treino de classificação de sábado.

Após a queda, o suíço foi tocado por pelo menos uma moto, segundo as imagens e as declarações dos outros pilotos envolvidos no acidente, o japonês Ayumu Sasaki e o espanhol Jeremy Alcoba.

Depois de receber atendimento por 40 minutos dos médicos na pista, o suíço, com "politraumatismo e e em estado grave", foi transferido de helicóptero médico para o centro traumatologia do hospital Careggi.

Jason Dupasquier era filho do piloto de motocross e supermoto Philippe Dupasquier.

Dupasquier estreou no Mundial de Moto3 em 2020 pela escuderia alemã PrüstelGP.

Em sua primeira temporada não conseguiu nenhum ponto. E, 2021, após cinco GPs, tinha 27 pontos e estava em 10º lugar na classificação.

A prova de Moto3 foi disputada neste domingo no circuito de Mugello e vencida pelo italiano Dennis Foggia. Vários pilotos prestaram homenagem ao jovem suíço.

O último piloto falecido durante um GP de Motovelocidade antes de Dupasquier havia sido o espanhol Luis Salom, da categoria Moto2, no Grande Prêmio da Catalunha de 2016.

pel/dr/fp

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos