Piloto Sabine Schmitz, a "rainha de Nuerburgring", morre aos 51 anos

·1 minuto de leitura
Circuito de Nuerburgring, na Alemanha

(Reuters) - A ex-piloto de corrida Sabine Schmitz, conhecida como "rainha de Nuerburgring" e também apresentadora do "Top Gear", programa popular da rede BBC, morreu aos 51 anos.

O circuito alemão de Nuerburgring anunciou nesta quarta-feira que "perdeu sua piloto de corrida mais famosa".

"Sabine Schmitz faleceu cedo demais depois de uma doença longa. Sentiremos falta dela e de sua natureza alegre. Descanse em paz, Sabine", disse o circuito no Twitter.

A alemã, que cresceu perto do circuito e venceu as 24 Horas de Nuerburgring com a BMW em 1996 e 1997, revelou no ano passado que foi diagnosticada com câncer em 2017.

Também conhecida como "a taxista mais rápida do mundo" pelas voltas com passageiro que deu nos 20,8 quilômetros da Nordschleife --a volta norte do antigo circuito--, Schmitz estimava tê-la percorrido mais de 20 mil vezes.

Em 2004, ela pilotou uma van movida a diesel da Ford na pista para um episódio de "Top Gear" e a completou em pouco mais de 10 minutos -- só nove segundos atrás do melhor tempo do colega apresentador Jeremy Clarkson em um Jaguar Tipo S.

"Notícia terrível sobre Sabine Schmitz. Uma pessoa muito alegre e cheia de entusiasmo", tuitou Clarkson.

(Por Alan Baldwin)