Pia Sundhage pede desculpas por eliminação da Seleção Feminina e aponta fragilidades da equipe

·1 minuto de leitura


A técnica Pia Sundhage não escondeu sua frustração após a eliminação da Seleção feminina para o Canadá nas quartas de finais dos Jogos Olímpicos. Em entrevista coletiva, a comandante pediu desculpas pela eliminação.

- Eu sinto muito, poderíamos ter feito um trabalho melhor. Depois do jogo eu pedi desculpas a elas. Mas quero encorajá-las, porque haverá outras oportunidades - e frisou onde houve problemas na equipe:

- Claro que estou muito triste. Desculpem por não termos chegados na semifinal. Tenho que voltar e fazer meu dever de casa para fazermos melhor na próxima vez. Poderíamos ter aumentando nossa velocidade, nosso ritmo. Mas o Canadá nos venceu e isso é sempre difícil - completou.

A técnica ainda disse que a equipe pecou na criatividade contra as canadenses.

- Talvez a gente pudesse ter feito mais no ataque hoje, mas aí não teríamos sido tão boas na defesa. Para mim é um equilíbrio. Encontrar essa jogadora criativa é o mais importante, essa jogadora que defende e ataca, que encontra espaço no último terço, o último passe - declarou.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos