Philippe Coutinho é emprestado pelo Barça ao Aston Villa até o fim da temporada

  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
·2 min de leitura
Philippe Coutinho, com a camisa do Barcelona, antes de enfrentar o Elche, em 18 de dezembro de 2021, no Camp Nou (AFP/Pau BARRENA) (Pau BARRENA)
Neste artigo:
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Opa!
    Algo deu errado.
    Tente novamente mais tarde.
  • Aston Villa
    Aston Villa
    Ao VivoHojeAmanhãx--|
  • Philippe Coutinho
    Philippe Coutinho
    Ao VivoHojeAmanhãx--|

O meia brasileiro Philippe Coutinho foi emprestado pelo resto da temporada pelo Barcelona ao Aston Villa inglês, comandado por seu ex-companheiro de Liverpool Steven Gerrard, anunciaram os dois clubes nesta sexta-feira.

“O acordo, desde que o jogador passe no exame médico e receba a autorização de trabalho inglesa, inclui uma opção de compra”, anunciou o clube espanhol, no qual não se acertou desde a sua chegada, em janeiro de 2018.

O Aston Villa, décimo terceiro na Premier League, saudou a chegada do seu novo jogador com uma mensagem nas redes sociais "Bem-vindo Philippe Coutinho!"

"A equipe inglesa assume uma parte do contrato do jogador, que deve viajar para Birmingham nas próximas horas", disse o Barça.

Com esta operação, a equipa catalã alivia a sua folha salarial ao ceder um dos jogadores mais bem pagos do elenco, o que lhe permitirá registar na LaLiga reforços de inverno como o atacante espanhol Ferrán Torres, do Manchester City.

Coutinho, carioca de 29 anos, e revelado no Vasco da Gama, veio do Liverpool para o Barcelona para preencher a lacuna deixada por Andrés Iniesta e volta ao futebol inglês depois de disputar 106 partidas como jogador do Barça, com 26 gols marcados.

Na temporada 2019-2020, ele já jogou por empréstimo no Bayern de Munique, marcando dois gols na vitória esmagadora de 8-2 que o clube alemão infligiu ao Barça de Lionel Messi nas quartas de final da Liga dos Campeões.

Coutinho, que vestiu a camisa da seleção brasileira 63 vezes, viveu seu melhor período como jogador no Liverpool, entre 2013 e 2018, anos em que dividiu o vestiário com Gerrard.

Nos últimos dias, seu ex-companheiro o elogiou e endossou sua contratação, que acabou se concretizando nesta sexta-feira.

Além dos clubes citados, o meia-atacante passou pela Inter de Milão, que lhe abriu as portas do futebol europeu em 2008, e pelo Espanyol, de Barcelona, para onde foi emprestado pelo clube italiano.

al/CHZ/psr/aam

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos