PF investiga jurídico do Cruzeiro por desvio de dinheiro do clube

Valinor Conteúdo
LANCE!
As denúncias de desvio de dinheiro do clube vieram à tona no mês de outubro e os valores podem chegar a R$ 700 mil-(Bruno Haddad/Cruzeiro)
As denúncias de desvio de dinheiro do clube vieram à tona no mês de outubro e os valores podem chegar a R$ 700 mil-(Bruno Haddad/Cruzeiro)

A crise no Cruzeiro ganhou um novo e lamentável capítulo neste domingo, 13 de outubro. Uma matéria veiculada no programa “Esporte Espetacular”, da TV Globo, denunciou um esquema desvio de dinheiro no clube praticado pelo diretor jurídico do clube, Fabiano de Oliveira Costa, que está sendo investigado pela Polícia Federal.

SIGA O YAHOO ESPORTES NO INSTAGRAM

A PF concluiu essas ações criminosas com as Operações Capitu e Escobar. O advogado Ildeu da Cunha, que é conselheiro do Cruzeiro, também investigado e preso por vazar informações sigilosas da corporação, era um dos mentores do esquema fraudulento.

Leia também:

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

Na matéria exibida pela TV Globo, a Polícia Federal confirmou que que Ildeu “utilizava mecanismos de ocultação para desviar quantias do Cruzeiro a beneficiários”, sendo que um desses beneficiários era o diretor jurídico Fabiano de Oliveira Costa.

Ildeu funcionava como um falso prestador de serviços emitindo notas fiscais para o Cruzeiro, cobrando serviços de advocacia. O clube pagava, mas parte dos valores ia para conta de Fabiano de Oliveira.

O material da jornalista Gabriela Moreira reproduziu diálogos interceptados pela Polícia Federal mostrando os desvios, que chegam a R$ 300 mil durante um ano.

Contratos falsos

A Polícia Federal investiga também outra ação de Ildeu, que teria embolsado R$ 320 mil por intermediar um acordo com um empresário que teria R$ 10 milhões para receber do time celeste, mas o intermédio não era necessário, pois o empresário teria acesso direto à diretoria chefiada por Wagner Pires de Sá.

Ildeu ainda lesava mais o Cruzeiro incentivando o empresário a entrar na Justiça contra o clube, para que o Cruzeiro o pagasse para fazer a defesa das ações judiciais.

-Não quero saber de jogadores. Prefiro perder esses jogadores que brigar com o Cruzeiro”, disse o empresário Pedro Lourenço nos áudios interceptados, dono da rede de supermercados BH e cotado para ser presidente do clube com a saída de Wagner Pires de Sá.

Pedro Lourenço estava com ações na Justiça contra o Cruzeiro para receber parte das vendas do lateral-direito Mayke, vendido ao Palmeiras em 2018 e do meia Arrascaeta, negociado com o Flamengo em 2019. O valor da dívida chegava a 27 milhões de reais, mas um acordo com a diretoria, diminuiu o débito para 10 milhões de reais, divididos em 24 parcelas.

Fabiano Costa de Oliveira e o Cruzeiro emitiram notas sobre o caso. Leia abaixo.

-Quanto a reportagem divulgada no Esporte Espetacular, nesta data, informo que prestei todos os questionamentos que me foram feitos pela jornalista, entre eles, o de que NUNCA contratei os serviços profissionais do advogado Ildeu da Cunha Pereira e sequer presenciei referidas contratações.

Também reafirmo que nunca recebi qualquer valor do advogado em retorno à supostos contratos fraudulentos, e que todos os serviços por ele prestados, contratados diretamente pela Presidência, foram efetivamente realizados.

Mesmo prestando serviços ao Cruzeiro há mais de 23 anos, nunca me enriqueci, e vivo exclusivamente do meu trabalho, e tenho comigo o testemunho de colegas de trabalho e de diretores sobre a lisura do meu comportamento.

Aos maledicentes de última hora, que acusam antes de conhecer, faço meu compromisso com a verdade, e a promessa de que provarei em todas as instâncias, a minha absoluta inocência.

Atenciosamente,
Fabiano Costa

Leia a nota divulgada por Wagner Pires de Sá:

-O presidente do Cruzeiro Esporte Clube, Wagner Pires de Sá, que acompanha o time em Chapecó, foi surpreendido com a matéria divulgada neste domingo pela TV Globo no programa Esporte Espetacular envolvendo seu diretor jurídico, Fabiano Oliveira Costa, que se encontra de férias nos Estados Unidos. O presidente aguarda o retorno dele ao Brasil para se posicionar oficialmente.

Siga o Yahoo Esportes

Twitter | Flipboard | Facebook | Spotify | iTunes | Playerhunter


Leia também