Petr Yan dispara contra Cejudo por desafiar José Aldo: "Palhaço Triplo"

As provocações de Henry Cejudo para José Aldo não agradaram um outro lutador do Ultimate. Petr Yan, que ainda está invicto na organização após seis combates, não está gostando de ver o campeão do peso-galo (61 kg) mirando defender seu título diante do brasileiro. A explicação para essa bronca é o fato do atleta tupiniquim ainda não ter conseguido uma única vitória na divisão para lutar pelo cinturão.

Em entrevista ao site ‘BJPenn.com’, o russo disparou contra o americano e afirmou ter perdido o respeito pelo campeão por adotar essa postura. Além disso, o lutador pediu para que o UFC interviesse nessa situação por ser um caso contra, ao seu modo de ver, um “merecimento”.

Role para baixo para continuar lendo
Anúncio

“Não tenho mais respeito por Henry Cejudo. Ele não quer defender o título contra o postulante número um de verdade e prefere encarar um atleta que ainda não venceu no peso-galo, está com duas derrotas seguidas e longe do seu melhor momento. O UFC não devia apoiar esse tipo de atitude se quiser manter a importância do seu cinturão. Honestamente, isso é ruim para o esporte”, disse, antes de provocar o detentor do título fazendo um trocadilho com o apelido que Cejudo se deu (‘Triplo Campeão’), por conta dos dois cinturões do UFC e do ouro olímpico nos Jogos de 2008.

“Ele é o ‘Palhaço Triplo’ que vem tentando transformar o nosso esporte em um circo. O Cejudo sabe que sou um péssimo combate para ele, dessa maneira, ele vai evitar me enfrentar. Eu aceito qualquer atleta que mereça me enfrentar. Não importa se vou limpar a categoria antes ou depois de conquistar o título. Só posso garantir que nunca vou pedir para lutar contra alguém que venha de derrota”, completou.

No MMA profissional desde 2013, Petr Yan tem 14 vitórias e apenas uma derrota na carreira. Contratado pelo UFC em 2018, o russo possui seis triunfos. Somente em 2019, o lutador venceu três adversários, foram eles: John Dodson, Jimmie Rivera, esses por decisão unânime dos jurados, e agora Urijah Faber.

Leia também