Petkovic evita falar de reforços e pede foco na base do Vitória

Um dia após demitir o treinador Argel Fucks, o Vitória anunciou seu novo gerente de futebol, o sérvio Dejan Petkovic. O ídolo do time baiano que teve contratação anunciada na madrugada de terça para quarta-feira e fará parte da nova estrutura de gestão do Leão.

Durante a sua entrevista coletiva, Petkovic foi questionado sobre reforços, entretanto preferiu evitar o assunto, projetando metas ambiciosas para o time rubro-negro e valorizando a base.

“Com certeza existem bons jogadores, mas antes de olhar o prato dos outros, precisamos olhar o nosso prato. O Vitória é conhecido pela divisão de base, acho que temos que voltar a ser fábrica de jogadores, olhar as pratas da casa”, comentou o ex-jogador, que defendeu o Leão da Barra entre 1997 e 1999, período em que balançou as redes 59 vezes em 90 jogos.

“Dentro do nosso planejamento, precisamos investir na nossa base porque isso é o pilar de nosso programa para se manter sempre na Série A. Jogar Sul-Americana, e por que não seguir os passos do Atlético-PR, que já está jogando Libertadores? Para isso precisa de tempo, de continuidade no trabalho, não simplesmente contratar e mandar jogador embora. Claro que isso faz parte do futebol, mas tem que pensar primeiro na prata da casa”, completou.

Aposentado dos gramados desde o meio de 2011, Pet se aventurou na carreira de treinador e passou pelo time sub-23 do Atlético-PR, pelo Criciúma e pelo Sampaio Corrêa. O agora executivo do futebol explicou por que decidiu dar uma pausa na carreira como técnico.

“Não sei se inovador, talvez o clube não tenha usado essa nomenclatura, mas não vamos inventar nada. Eu me disponho a participar para poder ajudar a profissionalizar o departamento de futebol do clube. Existe o projeto para criar uma metodologia e conceito do Vitória, mostrar o que o torcedor e o time esperam. Descobrir como o Vitória vai trabalhar esse conceito do clube, fazer uma metodologia, um sistema”.

O gerente de futebol também evitou analisar o atual elenco do Vitória antes de ter começado o seu trabalho. “Eu ainda não iniciei o trabalho. O que posso adiantar é que estamos pensando no jogo de hoje e domingo (ambos contra o Vitória e válidos pela final do Campeonato Baiano). Já tem um elenco aqui, então, enquanto isso, não posso falar do trabalho. Preciso conhecer por dentro e depois posso falar do Campeonato Brasileiro. Agora temos que acreditar nos jogadores e comissão técnica que a gente já tem”.