Saiba tudo sobre a raça dos gatos sem pelo

Colaboradores Yahoo Vida e Estilo
·2 minuto de leitura
Sphinx cat lying with his brothers and relax
A raça Sphynx, dos gatos sem pelo, surgiu no Canadá (Foto Getty Images)

Apesar do nome Sphynx, esfinge, os gatos sem pelo não vem do Egito, como muita gente pensa. Os Sphynx tem origem no Canadá, de uma ninhada que nos anos 1960 nasceu com presença do gene recessivo alupécia hereditária e deu origem a uma nova raça, também conhecida como "Moon's Cat" (Gato da Lua). Os gatos Sphynx foram reconhecidos em 1998 pela Cat Fancier's Association, associação responsável por reconhecer e registrar novas raças. Esses bichanos foram se popularizando e hoje integram diversas listas de raças mais conhecidas.

Baixe o app do Yahoo Mail em menos de 1 min e receba todos os seus emails em 1 só lugar

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Google News

Os Sphynx são gatos muito carinhosos perfeitos para famílias com crianças (Foto Getty Images)
Os Sphynx são gatos muito carinhosos perfeitos para famílias com crianças (Foto Getty Images)

Os famosos gatos sem pelos chamam muita atenção por sua aparência. Mas o grande diferencial dessa raça é sua personalidade apaixonante: são bichinhos que adoram receber carinho e interagir, curiosos e brincalhões - além de serem extremamente adaptáveis.

Leia também

Os Sphynx são muito afetuosos e apegados aos donos. Adoram ser mimados e podem ser ciumentos. Porém, normalmente são sociáveis, inteligentes, cheios de energia, muito brincalhões e raramente agressivos, o que os tornam uma raça perfeita para famílias com crianças. Ficam muito satisfeitos com colo e carinhos.

Pela falta de pelos, também faltam bigodes e por isso, são desajeitados e se desequilibram facilmente. Não são bichanos que costumam escalar e subir em lugares altos.

Cuidados com gato Sphynx

A beautiful sphynx cat breed on a bathtub
Diferentes dos gatos com pelos, os Sphynx necessitam de ajuda na hora da higiene (Foto Getty Images)

O Sphynx, como todos os gatos, faz sua própria higiene. Porém, por conta da falta de pelos, alguns cuidados extras devem ser tomados. Como sua pele não elimina a gordura, uma limpeza com lenços umedecidos específicos para higiene de pets pode ser feita semanalmente. Banhos podem ser realizados mensalmente, para tonificar a pele do bichano e facilitar a circulação, evitando possíveis dermatoses.

Também é importante tomar cuidados com sol direto, pois sua pele pode queimar facilmente. Olhos e orelhas também precisam de limpeza frequente.

Na hora da alimentação o ideal é fornecer dietas mais calóricas, já que a falta de pelo faz os gatinhos perderem mais calor que os primos peludos.

Assine agora a newsletter Yahoo em 3 Minutos

Siga o Yahoo Vida e Estilo no Instagram, Facebook, Twitter e YouTube