Perto de vender Endrick, Palmeiras manda recado ao mercado externo com Estevão


O Palmeiras acertou as bases contratuais com os agentes de Estevão, joia de 15 anos, e anunciou que o jogador vai firmar seu primeiro vínculo profissional com o clube quando ele completar 16 anos — em 24 de abril de 2023. Isso aconteceu logo após a diretoria alviverde avançar nas conversas com o Real Madrid para vender Endrick. Coincidência? O LANCE! mostra que não.

> Endrick pode bater recorde: relembre as maiores vendas de jogadores brasileiros

Endrick chama a atenção do futebol europeu há muito tempo, mesmo tendo só 16 anos. As especulações em torno de seu nome aumentaram após a Copa São Paulo de Futebol Júnior, torneio no qual ele fez um "hat-trick": foi eleito craque da competição, o autor do gol mais bonito e o campeão.


+ Jornalistas do Brasil e do mundo exaltam Endrick após primeiro gol pelo Palmeiras

Na época, o jovem ainda não tinha contrato profissional com o Palmeiras, mas assinou em julho, quando fez aniversário. No vínculo, foi firmada uma multa de 60 milhões de euros (R$ 330 milhões segundo a cotação atual).

As cifras do negócio entre o clube paulista e o Real Madrid giram em torno de 72 milhões de euros (R$ 396 milhões de acordo com a cotação atual). São 12 milhões de euros a mais do que é previsto na multa rescisória firmada no contrato profissional do garoto, visando abater as altas taxas e impostos cobradas pela Espanha nas negociações com o futebol brasileiro.

O avanço nas tratativas aconteceu nos últimos dias e, logo em sequência, a diretoria palmeirense anunciou o acordo com Estevão. A outra promessa do Verdão, que é vista internamente como alguém com o mesmo potencial de Endrick — ou até mais — deve ter uma trajetória semelhante à do companheiro de base. Afinal, Estevão vai jogar a Copinha de 2023 e assinar o vínculo profissional em julho.

Inclusive, para tirar o atacante de 15 anos do Palmeiras, os clubes terão que pagar os mesmos valores de Endrick, de acordo com informação publicada pelo Uol.

+ Estevão projeta estreia no profissional do Palmeiras

Ou seja, o "fico" de Estevão pegou carona na grande repercussão da possível venda de Endrick, um dos jovens jogadores mais comentados do mundo, para o Real Madrid, o clube mais vencedor do planeta. O Palmeiras envia um recado para o mercado exterior que, na Academia de Futebol, existe um novo prodígio, mas que não será simples tirá-lo de lá.

OUTRA JOIA TEM A MESMA MULTA

O pódio das promessas alviverdes completa com Luis Guilherme, meia-atacante de 16 anos.
Nesta temporada, pelo Sub-17, o garoto entrou em campo 22 vezes e balançou as redes em 20 oportunidades. Ele, inclusive, marcou o gol do título do Brasileirão da categoria.

+ Com novos protagonistas na base, Palmeiras busca manter hegemonia na Copinha

A joia é mais uma tratada com carinho pelo Palmeiras, que vê o jogador como tão promissor quanto Endrick e Estevão. A prova disso é que a multa rescisória prevista no contrato de Luis Guilherme também é de 60 milhões de euros.

Palmeiras - Luis Guilherme
Palmeiras - Luis Guilherme

Luis Guilherme é mais um destaque da base palmeirense (Foto: Fabio Menotti/Palmeiras)

OS NÚMEROS DOS "CRAQUINHOS" EM 2022

Estevão (15 anos)
- 34 jogos, 23 gols e 8 assistências (Sub-17)
- 4 jogos, 8 gols e 4 assistências (Sub-15)

Endrick (16 anos)
​- 20 jogos, 12 gols (Sub-20)
​- 6 jogos, 8 gols (Sub-17)
- 7 jogos, 3 gols e 1 assistência (Profissional)

Luis Guilherme (16 anos)
​- 22 jogos, 20 gols (Sub-17)
- 2 jogos, 0 gols (Sub-20)

Endrick, Luis Guilherme e Estevão
Endrick, Luis Guilherme e Estevão

Esquerda para direita: Luis Guilherme, Estevão e Endrick (Foto: Divulgação / Palmeiras)