Perto de perder Viña, Palmeiras conversa com Mônaco para contratar o lateral Jorge

·1 minuto de leitura


O Palmeiras está em vias de concretizar a venda do lateral-esquerdo Matías Viña para a Roma, da Itália, por 11 milhões de euros (cerca de R$ 67 milhões na cotação atual). A reportagem do LANCE!/NOSSO PALESTRA apurou que o Palmeiras trabalha simultaneamente para preencher a lacuna que será deixada no elenco e que Jorge é o nome da vez para a posição.

Saiba onde ver os jogos das oitavas da Libertadores e o que cada time precisa para avançar

Ambas as negociações estão em curso e possuem algumas pendências a serem resolvidas. A diretoria do Verdão já buscava por um lateral-esquerdo mesmo antes de chegar a proposta por Viña.

Jorge tem 25 anos e foi revelado pelo Flamengo em 2014. Após se destacar no clube carioca, foi vendido ao Mônaco, da França, no início de 2017. Sem se firmar, em 2019 o lateral foi emprestado ao Santos e teve bom desempenho sob o comando de Sampaoli, sendo vice-campeão brasileiro e chegando a ser convocado para a Seleção Brasileira. O rival paulista tentou a sua permanência, mas não houve acordo.

Jorge não entra em campo desde dezembro de 2020, quando lesionou o joelho atuando pelo Basel, da Suíça, novamente por empréstimo. Jorge retornou ao Mônaco no dia 30 de junho e está em negociação com o Palmeiras.

Enquanto a situação não se define, Viña segue à disposição da comissão técnica de Abel Ferreira. Embora improvável, sua presença no duelo diante da Universidad Católica, pelas oitavas de final da Libertadores, nesta quarta-feira (21), não está descartada. A equipe joga por um empate para se classifIcar às quartas, já que venceu na ida por 1 a 0.

Nosso objetivo é criar um lugar seguro e atraente onde usuários possam se conectar uns com os outros baseados em interesses e paixões. Para melhorar a experiência de participantes da comunidade, estamos suspendendo temporariamente os comentários de artigos