Perto de marca histórica, Lloris é uma das referências da França na Copa do Mundo


Hugo Lloris está na história da França. Campeão em 2018 com os Les Bleus, o arqueiro volta à Copa do Mundo para defender a taça como uma das principais figuras da equipe. Capitão desde 2012, o goleiro passa confiança e experiência ao jovem grupo francês.

+ Irmãos disputam vaga de titular da França na Copa do Mundo

Aos 35 anos, Lloris segue com um desempenho de alto nível na meta da seleção e do Tottenham, da Inglaterra, e participará do seu quarto Mundial, no Qatar. Soma-se a isso o seu papel de líder do grupo francês, sendo esta a sua terceira Copa consecutiva carregando a responsabilidade de levar a braçadeira de capitão de um elenco estrelado.

Na última temporada, o francês atuou 43 vezes com a camisa dos Spurs. Um total de 3.900 minutos entre partidas da Premier League, copas domésticas e Conference League. Com ritmo de jogo, o goleiro deve ser um dos pilares da equipe francesa no Mundial.

+ Lloris por que não usará braçadeira com cores do arco-íris na Copa

Recorde de outro ídolo francês próximo

Lloris - Thuram
Lloris - Thuram

Hugo Lloris pode passar recorde de Thuram nesse Mundial (Fotos: AFP/Reprodução/Twitter)

O experiente goleiro está próximo de atingir um recorde expressivo com a camisa da França. Com 139 partidas defendendo a meta dos Les Bleus, Lloris está a três jogos de igualar Lilian Thuram como o atleta que mais vestiu a camisa francesa. Para isso basta atuar em todos os duelos da primeira fase. Caso os Azuis avancem para a próxima fase, o goleiro terá a chance de se isolar no topo deste ranking.

- Eu me guio mais pela competição e pela vontade de superar os desafios, o desejo de me superar com ajuda dos meus companheiros de equipe do que por esses números, ainda que sejam muito importantes. Acho que darei ainda mais valor a elas depois que a competição acabar - afirmou o arqueiro, sobre marcas históricas pela França, em entrevista recente à AFP.

Com muitas lesões, atletas importantes fora e clima conturbado, Hugo Lloris pode exercer seu papel de liderança para colocar a França nos eixos e consolidar o papel de protagonista no Qatar na tentativa de levar a taça de campeão da Copa do Mundo de volta a Paris.

A França, com Lloris no gol, entra em campo na próxima terça-feira quando enfrenta a Austrália, em Al-Wakrah, no estádio Al-Janoub. Além dos australiano, os Les Bleus duelam com Dinamarca e Tunísia no Grupo D.